João Pessoa 20/07/2018 01:00Hs

Início » Destaque » Prefeito George Medeiros após escantear padrinhos políticos, agora abandona líder do governo RC

Prefeito George Medeiros após escantear padrinhos políticos, agora abandona líder do governo RC

george medeirosDono de um temperamento bastante forte, o prefeito de Sobrado, George Medeiros (PSDB) município localizado na Zona da Mata paraibana, caminha literalmente para o isolamento político, tudo regado a muito fuxico, bajuladores e informações que motivam o distanciamento do prefeito dos principais padrinhos políticos.

Após escantear o seu irmão Marcos Coelho. o popular Marquinhos que é casado com a filha da ex-prefeita Célia Melo que comandou a cidade por oito anos, tendo sido o principal avalista da eleição do tucano nas eleições e após o êxito nas urnas se quer foi ouvido.

Outra que provou do temperamento de George foi à ex-prefeita Célia Melo que agora é tida como persona non grata no grupo político do prefeito. Não satisfeito, Gerge Coelho agora deu as costas para mais um aliado: o líder do governo Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia Legislativa o deputado Hervazio Bezerra (PSB) que tradicionalmente é votado no município e agora sofre com a indiferença do gestor.

Informações obtidas pelo PB Agoradão conta que Bezerra que recebeu mais de mil e quatrocentos votos na cidade, tentou por diversas vezes um contato telefônico com George tendo se quer recebido algum tipo de satisfação;

Ainda não se sabe se a rasteira dada por George em Hervázio visa possibilitar a entrada de outro deputado na sua base eleitoral.

O que existe de confirmado, é o que o prefeito de Sobrado já preparou as malas para deixar o ninho tucano e esta com a ficha de filiação ao PSB de Ricardo Coutinho e Hervázio Bezerra.

Resta saber como Hervázio reagirá a essa nova manobra de George: fará ouvido de mercador ou utilizará sua influencia junto ao staff socialista para barrar essa filiação.

O tempo irá dizer que terá mais força nessa quebra de braço na Zona da Mata paraibana.

Hervázio não agüenta se quer ouvir os nomes: George e Sobrado.

Henrique Lima

PB Agora