João Pessoa 19/06/2018 10:06Hs

Início » Destaque » Presença de Cássio como líder do PSDB, faz Conselho de Ética substituir relator do processo contra Delcídio

Presença de Cássio como líder do PSDB, faz Conselho de Ética substituir relator do processo contra Delcídio

cássio e delcídioO senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) não será mais o relator do processo que pede a cassação do mandato de Delcídio do Amaral (PT-MS) no Conselho de Ética.

O colegiado acolheu o recurso impetrado pela defesa de Delcídio pedindo a impugnação do relator do caso. Para os advogados, o PSDB não tem isenção para permanecer na relatoria uma vez que o líder do partido na Casa, senador Cássio Cunha Lima (PB), apoiou a representação assinada pela Rede e PPS.

Quando o documento foi protocolado, no dia 1º de dezembro, líderes do DEM e do PSDB optaram por não assiná-lo pois, dessa forma, não poderiam assumir a relatoria do caso. O regimento do Conselho de Ética estabelece que o relator não pode ser filiado ao partido político representante ou ao partido político do representado.

Apesar de o PSDB e DEM não serem co-autores da representação, a defesa de Delcídio entende que, por terem apoiado a iniciativa, as legendas formam um “bloco parlamentar” com o PPS e a Rede. O colegiado concordou com os argumentos e um novo relator será definido na reunião agendada para a próxima quarta-feira (2).

Em dezembro de 2015, quando foi realizada a escolha do relator, antes de Ataídes aceitar o cargo os senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) e Otto Alencar (PSD-BA) já haviam sido sorteados mas recusaram.

Redação