João Pessoa 24/06/2018 08:34Hs

Início » Destaque » Presidente da ALPB emite nota de pesar em solidariedade a paraibanos que morreram em acidente em MG

Presidente da ALPB emite nota de pesar em solidariedade a paraibanos que morreram em acidente em MG

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Gervásio Maia Filho (PSB), neste domingo (14), emitiu uma nota de pesar à imprensa lamentando a morte de cinco paraibanos em um acidente de carro na BR-251 em Grão Mogol, Minas Gerais.

As vítimas eram de Catolé do Rocha, Alto Sertão da Paraíba. Elas viajavam de São Paulo para a Paraíba quando foram atingidos pelo motorista de caminhão que perdeu o controle e invadiu a contramão.

Elizângela de Oliveira Fernandes, mãe de Luzinara Fernandes e de Sandemar Filho, o proprietário e motorista do micro-ônibus Kaliandro da Silva Oliveira e de Luzia da Silva Mendonça, 76 anos, estão entre os mortos no grave acidente.

“Que Deus, na sua infinita bondade, conforte os corações nesse momento de tanta dor e angústia”, rogou o parlamentar no texto.

Nota de pesar

Lamentamos profundamente a morte trágica das vítimas do acidente na BR-251, em Minas Gerais, no qual estavam cinco pessoas da cidade de Catolé do Rocha.

Toda a nossa solidariedade aos amigos e familiares das vítimas.

Que Deus, na sua infinita bondade, conforte os corações nesse momento de tanta dor e angústia.

Nossos sinceros sentimentos,

Gervásio Maia
Presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba

Entenda como foi o acidente

Treze pessoas morreram e 39 ficaram feridas em um grave acidente na BR-251, em Grão Mogol, no Norte de Minas. Segundo o Samu e os Bombeiros, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves. O acidente envolveu sete veículos:

  • um caminhão que fazia o transporte de outro caminhão;
  • dois micro-ônibus;
  • duas carretas;
  • uma van.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu assim:

  • um caminhão fazia o transporte de outro caminhão no sentido Montes Claros e invadiu a contramão;
  • esse caminhão colidiu com um micro-ônibus que seguia no sentido contrário, em direção a Salinas;
  • uma van tentou desviar da colisão e acabou atingida por uma carreta;
  • essa van saiu da pista e tombou;
  • o caminhão que começou o acidente continuou desgovernado;
  • esse caminhão bateu ainda contra outra carreta, que transportava papel;
  • essa carreta saiu da pista e pegou fogo;
  • ainda desgovernado, o caminhão colidiu contra outro micro-ônibus;
  • o caminhão que era transportado caiu em cima desse micro-ônibus.

O motorista da carreta que pegou fogo viajava com dois filhos, de 5 e 17 anos. “O condutor conseguiu salvar apenas o filho de 5 anos e a filha de 17 faleceu dentro do veículo”, explicou Joana Dark.

Paraíba.com