João Pessoa 20/08/2018 02:59Hs

Início » Câmara em foco » Presidente da Câmara de Santa Rita agride líder do prefeito com arremesso de copo e termina em delegacia.

Presidente da Câmara de Santa Rita agride líder do prefeito com arremesso de copo e termina em delegacia.

Célio e Anésio-políciaUm bate-boca entre o presidente da Câmara de Santa Rita Anésio Miranda e o vereador líder da oposição em  plenário quase termina em tragédia nesta terça-feira (23), quando o vereador presidente da Câmara iniciou a sessão ordinária após ler a ata anterior da última sessão em os vereadores apreciaram os vetos do prefeito de Santa Rita, as emendas a peça orçamentária de 2016, daí antão, os vereadores de situação votaram contra a aprovação da ata, foi ai quando surgiu um bate boca e o presidente da Câmara arremessou um copo com água no líder do prefeito que se esquivou e a confusão terminou na 6ª Delegacia de Santa Rita.

Na sessão ordinária os insultos continuaram e segundo o vereador a agressão injusta achou por bem melhor prestar uma ocorrência  na ‘Delegacia de Polícia’ o vereador Célio disse ainda que o presidente Anésio ordenou que fossem desligados os microfones e a transmissão da sessão via internet, ameaças continuaram e a sessão foi encerrada sem mesmo ter chegado ao fim, como manda o regimento interno, e a confusão foi parar na delegacia de polícia que segundo o líder do prefeito Célio Rufino o presidente agressor ” pode procurar a justiça pois possui um filho advogado que saberia se defender do fato”. O vereador Célio Rufino possui uma postura evangélica achou por bem se dirigir a Delegacia de Polícia na companhia de dez (10) vereadores registrarem a ocorrência do fato da agressão, haja vista, que o vereador agressor possui um currículo violento e que desacata todos que tentam quem se opuser a ele, e que a cidade conhece de perto a imagem dele, disse.

A gestão da Câmara Municipal de Santa Rita de 2013 a 2016, que está se encerrando foi um verdadeiro palco de guerra com seis cassações de prefeito e vice no poder, além de fatos que lá na casa de Antonio Teixeira ocorreram que vereador teria encomenda morte de outro parlamentar, que na segunda cassação do ex-prefeito cassado Reginaldo Pereira em frente á Câmara Municipal um segurança que prestava serviço a um vereador foi preso armado, que um matador estava na frente da Câmara para acerto de contas a mando de outro vereador, sem contar com as pessoas que deixaram de freqüentar aquela casa parlamentar para acompanhar os trabalhos que são cidadãos de bem e tem medo de até assistir com medo, aonde em uma sessão assessores agrediram professoras de prostitutas, alem do prefeito de Santa Rita e o presidente da Câmara trocarem acusações de bandidagens e drogados (registrados em áudio e vídeo na imprensa), no início do retorno do Netinho de Várzea Nova a prefeitura.

São esses mesmos políticos que a população de Santa Rita vão passar pelo crivo do julgamento político as próximas eleições, e como se diz o ditado “o povo tem o governo que merece”.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.