João Pessoa 20/05/2018 19:09Hs

Início » Destaque » Prevendo a derrota, “prefeito Expedito faz aliança da morte” com figurinhas do atraso de Bayeux

Prevendo a derrota, “prefeito Expedito faz aliança da morte” com figurinhas do atraso de Bayeux

O prefeito Expedito Pereira já foi cassado por corrupção eleitoral e por falta de liderança política voltou ao poder

aliança da morteSem obra faraônica e a população cansada de uma gestão fracassada e ultrapassada de quatro mandatos, sem dizer para que veio até hoje na cidade Bayeux, o atual prefeito de Expedito Pereira prevendo sua derrota nas urnas e “amarrar a chuteira politicamente” resolveu desafiar a mente da população fazendo uma aliança que já está batizada e ficou conhecida  por “aliança da morte” com políticos que usufruíram o tempo todo da cidade para obter votos e em troca nenhum benefício para tentar salvar e emplacar 0 5º mandato.

A aliança já está confirmada com os grupos de Domiciano Cabral (Dodó) e Carlos Sousa (Jota Júnior) e mais alguns oportunistas de plantões que junto a Dr. Expedito Pereira levaram o caos até hoje no município, a administração vive apenas dos famigerados FPM que se quer consegue emplacar uma emenda parlamentar ou levantar um projeto para angariar verbas em um Ministério em Brasília para sobressair do marasmo que perpetuou a cidade de Bayeux e da mesmice e que não sai do atraso, nem as ruas que receberam pavimentações com recursos da Caixa Econômica vingou e continuam paralisadas por incompetência da gestão do horosa.

Pelo novo cenário político de Bayeux que se apresenta hoje na cidade com a pré-candidatura do “prefeito Expedito a gestão socialista capenga vai mesmo ficar fora do páreo, “cansada e obsoleta” parece mesmo que a população abriu os olhos e resolveu fazer uma mudança radical no novo quadro político do município, na eminência da derrota o atual prefeito tenta de todas as formas sua sustentação e eternizar-se  no poder, más pelo andar da carruagem o prefeito Expedito vai mesmo voltar a atender em seu consultório médico, longe da política, após confirmar alianças grupos políticos adversários que nunca tiveram interesse pelo povo da cidade, “dito por ele mesmo o atual prefeito” e apenas pelo voto ficou confirmado que o interesse do atual prefeito é apenas com o cargo e não com o desenvolvimento e crescimento e benefício com a cidade e o povo de Bayeux.

Com o cenário nacional de um Brasil passando a limpo e as pesquisa de consumo interno demonstram um quadro irreversível nem que ele o prefeito Expedito desenterrem as lideranças que estão enterradas pra livra da derrota, os bayeuxenses terão a hombridade de afastar os parasitas que vem consumindo o município para atender seus interesses próprios e políticos como apregoa a “aliança da morte” do prefeito Expedito Pereira em que o povo da cidade clama por mudança e justiça por uma Bayeux mais justa e sem maquiagem.

Lamartine do Vale.