João Pessoa 21/06/2018 23:21Hs

Início » Destaque » Projeto definitivo de parque na praia do Jacaré é apresentado na Paraíba

Projeto definitivo de parque na praia do Jacaré é apresentado na Paraíba

Duas primeiras etapas devem ficar prontas ainda este ano. Concorrência pública vai definir quem vai ocupar os bares e lojas.

parque jacaréO projeto definitivo do Parque Jacaré, na praia de mesmo nome, em Cabedelo, cidade da Grande João Pessoa, foi apresentado na tarde desta sexta-feira (3) durante uma coletiva de imprensa. A concepção do novo parque já foi entregue ao Ministério Público Federal em março, mas só foi tornada pública depois do fim do prazo definido pela Justiça Federal para que os empresários desocupassem os bares da lâmina d’água. (Veja no vídeo acima a simulação de como ficará o parque).

Novo Parque Jacaré não vai ter bares e restaurantes na lâmina d'água (Foto: Reprodução/Projeto Parque Jacaré)
Novo Parque Jacaré não vai ter bares e
restaurantes na lâmina d’água
(Foto: Reprodução/Projeto Parque Jacaré)

De acordo com o secretário de Turismo do município de Cabedelo, Omar Gama, o projeto vai ser dividido em três etapas. A primeira vai ser a recuperação da lâmina d’água depois da demolição dos bares. Vai ser colocado um parapeito, a complementação da calçada e a instalação da iluminação. Essa etapa tem início imediato e o processo licitatório deve ser concluído em cerca de 60 dias.

A segunda etapa vai abranger a construção do mercado de artesanato e da praça de eventos. A verba para essa fase é de R$ 609 mil, do Ministério do Turismo. De acordo com Omar Gama, a prefeitura só está aguardando a aprovação da Caixa Econômica Federal para iniciar a licitação.

A última etapa vai contar com a construção dos restaurantes, praça de alimentação e pavilhão de serviços. No entanto, essa parte ainda está na fase de captação de recursos, em Brasília. Em paralelo com a terceira etapa, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) vai ficar responsável por implantar o esgotamento sanitário da área.

As duas primeiras etapas devem ser concluídas ainda este ano. Apenas a terceira fase do projeto deve se prolongar até 2016. As verbas para o projeto são da Prefeitura de Cabedelo, Governo da Paraíba e Governo Federal.

Em relação à ocupação das lojas e restaurantes, será realizado um processo de concorrência pública para fazer a definição. Apenas o Mercado de Artesanato, que pertence à prefeitura, vai manter os mesmos artesãos, com contrato de comodato. “Quando se constrói algo em área pública, nós não podemos direcionar a alguém sem que haja concorrência pública”, explicou o secretário de Turismo.