João Pessoa 21/06/2018 16:08Hs

Início » Destaque » Romero reduz em 20% seu salário e determina controle de gastos

Romero reduz em 20% seu salário e determina controle de gastos

Através de decreto, assinado na tarde da terça-feira (14) o prefeito Romero Rodrigues reduziu em 20% o seu salário e em 10% o do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro. O decreto tem vigência de 180 dias.

O corte de 10% também atinge quem percebe gratificação a partir de R$ 2 mil no âmbito das administrações direta e indireta da Prefeitura.

“Mais uma vez, optamos por cortar na própria carne e deixar claro que, diante dos cenários adversos, não nos furtaremos de tomar as medidas necessárias para atravessarmos uma crise que tem impactado diretamente as receitas municipais”, justificou Romero.

O pacote estabelece ainda um maior controle nos gastos de custeio da máquina, a exemplo de diárias, horas extras, telefone, água, energia e outros.

Com a queda da receita nos últimos meses, o prefeito decidiu emitir o decreto para justamente evitar o que, para ele, seria uma tragédia social de grandes dimensões: demissões em massa no âmbito da Prefeitura. “Já passamos por momentos de dificuldades antes e só conseguimos atravessar o ´deserto´, sem sacrificar os empregos das pessoas, graças à solidariedade de cada um, do prefeito e integrantes diretos da equipe de auxiliares”, disse.

De acordo com o secretário de Finanças e Receita do Município, Joab Pacheco, o repasse da última cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) teve uma redução de 50% do esperado – ficando abaixo do que foi transferido no mesmo período em 2015.

MaisPB