João Pessoa 22/05/2018 15:56Hs

Início » Destaque » Santuário de Frei Damião completa uma década em Guarabira

Santuário de Frei Damião completa uma década em Guarabira

Local que atrai turistas e romeiros ajuda economia da região

frei damião 1O Santuário de Frei Damião completou nesta sexta-feira (19) uma década de existência. São dez anos contribuindo para o turismo no município de Guarabira, para a fé dos romeiros, e para o crescimento econômico da região.

A estátua foi projetada pelo arquiteto Alexandre Azedo, o Memorial Frei Damião foi de autoria do arquiteto paraibano Gilberto Guedes, tendo como engenheiro responsável o senhor Argemiro Brito de França. Tendo as obras iniciadas em 27 de março de 2000.

O local foi transformado em santuário através de um decreto emitido pelo então administrador apostólico Dom Jaime Vieira Rocha em 2007, tendo como primeiro reitor o padre Gaspar Rafael Nunes. Com a medida lá podem ser realizados casamentos e batizados.

Sobre o monumento: A inauguração aconteceu em 19 de dezembro de 2004, e fez circular por Guarabira, segundo a dados da Polícia Militar, mais de 80 mil pessoas. Para sua edificação foram realizadas parcerias entre a Diocese de Guarabira, através do Bispo Dom Antônio Muniz e o padre Monsenhor José Nicodemos, a Prefeitura de Guarabira então administrada pela prefeita Léa Toscano, o Governo do Estado da Paraíba através do então governador Cássio Cunha Lima, além da ajuda do então deputado e atual prefeito do município, Zenóbio Toscano.

Em 29 de Abril de 2013, Dom Lucena, Bispo de Guarabira entregou o Santuário de Frei Damião aos cuidados da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, da qual o “Servo de Deus” Frei Damião fazia parte.

Com aproximadamente 34 metros de altura o memorial atrai turistas de vários locais e é a 3º maior estatua católica do brasil, perdendo somente para o Cristo Redentor e pro Alto de Santa Rita de Cássia, a maior estátua da América e a maior estátua católica do mundo.

Apesar de cedido à Diocese, a atual administração tem colaborado constantemente com o local, como na limpeza da estátua e o apoio nas romarias.

MaisPB com Assessoria