João Pessoa 23/06/2018 13:58Hs

Início » Destaque » Senado não pode ser apressado para aprovar Previdência, diz Eunício

Senado não pode ser apressado para aprovar Previdência, diz Eunício

Criticou comunicação do governo ‘É possível votar em novembro’

Eunício Oliveira acredita que governo errou na comunicação para aprovar reforma da Previdência

Durante café da manhã com jornalistas nesta 5ª (8.fev.2018), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse que não poderá ser cobrado pelo governo para aprovar a Previdência a toque de caixa. “A Câmara ficou 1 ano e meio com a matéria na pauta”, disse. “Se tivesse pautado junto com a reforma trabalhista, já estava aprovada.

Segundo Eunício, não será uma catástrofe se a matéria não for aprovada agora. “Caso a Câmara não vote agora, é possível votar em novembro”, disse.

O presidente disse que o governo errou na comunicação da proposta e deveria ter enviado 1 texto mais enxuto.

Eunicio ainda criticou a comunicação entre Planalto e Congresso. “É como na[medida provisória] da Eletrobrás. Ninguém me chamou para eu dizer para os meus companheiros como era o texto”, afirmou.

Poder360