João Pessoa 26/04/2018 11:41Hs

Início » Destaque » Sport impõe primeira derrota ao Corinthians após hexacampeonato

Sport impõe primeira derrota ao Corinthians após hexacampeonato

Vitória levou time rubro-negro a 56 pontos no Campeonato Brasileiro; Alvinegro precisa de um triunfo na última rodada para quebrar recorde

sport vence timãoJogadores do Sport tiveram ímpeto maior do que os do Corinthians 

Hexacampeão brasileiro com boa antecedência, o Corinthians visitou o Sport, na tarde de domingo (29), com um time recheado de reservas. Diferentemente do que aconteceu no massacre sobre o São Paulo, não foi suficiente, e a formação rubro-negra triunfou por 2 a 0 na Arena Pernambuco.

Demonstrando um ímpeto maior desde o apito inicial, a equipe dirigida por Paulo Roberto Falcão encaminhou ao triunfo com um gol de cabeça de Matheus Ferraz, aos 23 minutos do primeiro tempo. A superioridade dos anfitriões na maior parte do jogo foi coroada por André, em tento irregular já nos acréscimos da etapa final.

A partida poderia ter sido mais complicada para o Sport com um rigor maior do árbitro Ricardo Marques Ribeiro, que optou por não expulsar Marlone e Rithely. As faltas duras foram uma das armas para frear o vencedor do Campeonato Brasileiro, que não viveu jornada de grande inspiração.

O resultado não diminuiu a vantagem do Corinthians na liderança, mantida em impressionantes 14 pontos a uma rodada do fim da competição. O time de Pernambuco, já sem chances de classificação à Copa Libertadores, ficou em sétimo e ainda pode buscar o quinto posto na tabela.

Superioridade rubro-negra
Os donos da casa começaram a partida mais ligados. Eles marcavam a saída de um Corinthians, que, sem o entrosamento do time titular, tinha dificuldade para superar o aperto. Foi assim a primeira chance, em bola roubada no campo de ataque e chutada com muito perigo por Diego Souza.

Pressionando tanto a arbitragem quanto o rival, o Sport conseguiu uma série de escanteios e chegou ao gol em um deles, aos 23 minutos. Renê recebeu atrás, cruzou e pegou a defesa saindo. Matheus Ferraz entrou livre, em posição legal, e cabeceou no canto direito.

Já na parte final do primeiro tempo, o Corinthians passou a ficar mais com a bola e trabalhá-la com Jadson. A equipe se viu prejudicada várias vezes por Ricardo Marques Ribeiro, que preferiu não usar o cartão vermelho em entrada voadora de Marlone – que havia acabado de ser poupado do amarelo em tentativa de cavar pênalti.

 

Os visitantes não conseguiram carregar o bom momento para a etapa final. Rithely, outro que colecionou faltas duras e escapou de ser expulso, foi substituído aos cinco minutos. Mesmo sem ele, os anfitriões se mostrou mais perigoso. André perdeu dentro da pequena área. Marlone acertou a trave.

Danilo e Malcom foram as opções de Tite para buscar o empate em Pernambuco. Mais tarde, o centroavante Lincom foi acionado. Danilo chegou a ter boa oportunidade de cabeça, mas foi o Sport quem chegou à rede. Aos 45 minutos, Marlone recebeu na esquerda em posição de impedimento e cruzou para André marcar.

FICHA TÉCNICA
SPORT 0 X 2 CORINTHIANS

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 29 de novembro de 2015, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Boschilia (PR)
Cartões amarelos: Diego Souza, Marlone, Rithely, Wendel, Ronaldo e André (Sport); Jadson e Rodriguinho (Corinthians)
Gols: Matheus Ferraz, aos 23 minutos do primeiro tempo, e André, aos 45 minutos do segundo tempo

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely (Ronaldo), Wendel (Neto Moura), Élber (Maikon Leite) e Marlone; Diego Souza e André
Técnico: Paulo Roberto Falcão

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel; Cristian (Lincom), Bruno Henrique, Rodriguinho (Malcom) e Jadson; Romero e Vagner Love (Danilo)
Técnico: Tite

Fox Sports