João Pessoa 22/05/2018 10:17Hs

Início » Destaque » TJ nega certidão de débitos ao Estado e trava renegociação de dívidas com BNDES

TJ nega certidão de débitos ao Estado e trava renegociação de dívidas com BNDES

Segundo o governador, essa negativa vai impôr à Paraíba um prejuízo de R$ 10 milhões por mês

O governador Ricardo Coutinho (PSB) revelou na tarde desta terça-feira (19), em entrevista à Arapuan Fm, que o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) negou a certidão negativa de débitos ao Estado. Sem o documento, o Estado não poderá fechar acordo de renegociação de dívidas com o BNDES.

Segundo o governador, essa negativa vai impôr à Paraíba um prejuízo de R$ 10 milhões por mês. O Estado seria o único da federação impossibilitado de fazer o acordo. A justificativa seria a falta de pagamento de precatórios nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2017.

“O estado já está sendo penalizado com essa onda de sequestros, por causa dos pagamentos de janeiro, fevereiro e março, onde deixamos de pagar em função de uma liminar, e estávamos cobertos pelo judiciário. Obtivemos uma liminar do desembargador José Aurélio, que, em função da economia crítica, nos permitia suspender por 6 meses os pagamentos”, revelou o governador.

Coutinho ainda criticou o presidente do TJPB, a quem atribuiu uma “indisposição” com o Governo. No entanto, Ricardo não estabeleceu interesse político no caso.

“A receita cai e a pessoa quer reajuste. É uma indisposição que o presidente tem. Sobre viés político, quem tem que responder é ele”, pontificou.