João Pessoa 18/08/2018 00:36Hs

Início » Destaque » Tribunal de Justiça da Paraíba arrecada mais de R$ 500 milhões

Tribunal de Justiça da Paraíba arrecada mais de R$ 500 milhões

O Tribunal de Justiça da Paraíba arrecadou R$ 546 mil na 1ª data do leilão unificado, quando os bens somente poderiam ser arrematados por valor igual ou superior ao da prévia avaliação feita pelo Juízo Federal. A arrecadação foi decorrente da aquisição de dois imóveis, um deles vinculado a processo da 4ª Vara Federal em Campina Grande.

Trata-se de uma casa residencial, localizada na rua Ouro Branco, bairro da Palmeira, avaliada em R$ 180 mil e arrematada por idêntico valor. Também foi objeto de aquisição desta etapa do Projeto Leilão Eficaz um prédio da Rua João Suassuna, no centro da cidade.

Embora avaliado em R$ 240 mil, após disputa de licitantes fisicamente presentes em cidades distintas (Campina Grande e João Pessoa), o bem foi arrematado pelo valor de R$ 366 mil. Em sua 1ª data, o Leilão Eficaz da Justiça Federal da Paraiba (JFPB) reuniu bens relacionados a processos em tramitação nas 1ª, 2ª, 4ª, 5ª, 8ª, 10ª e 11ª Varas Federais, com participação de arrematantes, de modo simultâneo, nos auditórios da instituição em João Pessoa, Campina Grande, Monteiro e Sousa, tendo sido permitida ainda a  apresentação de lances pela internet, na terça-feira (16/10).

Lançamento de vídeo
A participação do público na 2ª data – prevista para o próximo dia 26 de outubro, a partir das 9 horas, também poderá ocorrer virtualmente, desde que haja cadastramento prévio no sítio eletrônico da instituição (www.jfpb.jus.br). Na ocasião, será oficialmente lançado um vídeo institucional sobre o Projeto Leilão Eficaz, que ficará hospedado na página virtual da Justiça Federal na Paraíba.

O leilão unificado da JFPB, que segue o modelo do Projeto Leilão Eficaz, lançado pela 10ª Vara Federal campinense em 2006, tem como finalidade possibilitar maior transparência e participação dos arrematantes. Maiores informações sobre o leilão judicial e sobre o projeto podem ser obtidas através de consulta ao sítio www.jfpb.jus.br.

Paraíba Já com CNJ