João Pessoa 21/06/2018 12:18Hs

Início » Destaque » Wilson Filho acusa PMJP de usar emenda para tomógrafo em lavanderia

Wilson Filho acusa PMJP de usar emenda para tomógrafo em lavanderia

“Não quero acreditar que a motivação para a mudança da finalidade tenha sido política", disse

WILSON FILHO EMENDAO deputado federal Wilson Filho acusou a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) de utilizar uma emenda de sua autoria no valor de R$ 1 milhão de reais destinada à compra de um tomógrafo para o Hospital Ortotrauma, em Mangabeira,  para a construção de uma lavanderia na maternidade Cândida Vargas.

“O segundo maior hospital da cidade, que atende pacientes não apenas de João Pessoa, mas da Paraíba toda, passaria a ter o tomógrafo e não mais ter que levar os pacientes para clínicas privadas para fazer esse exame de alta complexidade. Mas, a Prefeitura preferiu continuar pagando, quando poderia simplesmente adquirir um novo equipamento e aplicar esse dinheiro em outra finalidade. Tenho certeza que não faltaria destino”, argumentou.

O parlamentar afirmou não questionar a importância da ampliação da lavanderia da Cândida Vargas, mas revelou que a problemas com o tomógrafo na unidade foram motivos de ressalvas em relatórios de inspeção do Conselho Regional de Medicina (CRM) e da Comissão de Saúde da Câmara Federal.

“Não quero acreditar que a motivação para a mudança da finalidade tenha sido política. Não acredito que se iria tão baixo por pura disputa de poder”, comentou.

Segundo o pré-candidato, recentemente ele teve que reapresentar outras duas emendas destinadas à Capital junto ao Ministério da Saúde no valor de R$ 700 mil, pois a Prefeitura de João Pessoa nãoteria envaido projeto para ter acesso aos recursos e corria o risco de perder as emendas.

“Não se pode admitir tamanho descaso. Estamos falando da liberação de dinheiro para a saúde, uma área extremamente carente de recursos e com grande defasagem de assistência em qualidade para a população. Deixar de apresentar projetos mostra a importância que a atual gestão dá a saúde da nossa população. Reapresentei as emendas na esperança que a prefeitura se organize e envie os projetos necessários para a liberação dos recursos”, explicou.

WSCOM