João Pessoa 20/05/2018 23:26Hs

Início » Economia » Bolsas europeias operam majoritariamente em alta, após dado de confiança alemão

Bolsas europeias operam majoritariamente em alta, após dado de confiança alemão

As bolsas europeias operam majoritariamente em alta nesta manhã, após um indicador alemão positivo e a estabilização dos mercados chineses, que ontem sofreram um tombo e voltaram a preocupar investidores. A liquidez na Europa, no entanto, tende a se manter reduzida um dia após o feriado do Dia de Ação de Graças nos EUA. Já o impasse político na Alemanha e a questão do Brexit continuam no radar.

O índice de sentimento de empresas da Alemanha surpreendeu e avançou de 116,8 em outubro para o nível recorde de 117,5 em novembro, segundo pesquisa divulgada pelo instituto alemão Ifo. Analistas previam que o indicador ficaria em 116,7, leitura original do mês passado.

O Ifo ressaltou, no entanto, que cerca de 90% das respostas da última pesquisa foram coletadas antes do fracasso, no domingo (19), de negociações da aliança conservadora da chanceler alemã, Angela Merkel, para a formação de uma coalizão governista no Parlamento.

Em Berlim, o Partido Social-Democrata (SPD, na sigla em alemão) está sob pressão para iniciar conversas com Merkel e evitar a convocação de novas eleições. Em setembro, o grupo de Merkel venceu a eleição parlamentar, mas não conquistou maioria absoluta.

Da Irlanda, vazou ontem um documento confidencial do governo mostrando que autoridades europeias veem um desempenho confuso e caótico por parte do Reino Unido nas negociações sobre o Brexit, como é conhecido o processo para a retirada do país da União Europeia.

Em Bruxelas, a primeira-ministra britânica, Theresa May, deverá apresentar hoje ao Conselho Europeu uma proposta de quanto o Reino Unido está disposto a pagar para sair da UE.

O tom majoritariamente positivo dos mercados europeus também vem após as bolsas chinesas fecharem praticamente estáveis hoje. No pregão anterior, os principais índices acionários da China tiveram perdas de mais de 2%, diante de preocupações com esforços de Pequim para conter riscos financeiros.

Às 8h32 (de Brasília), a Bolsa de Frankfurt subia 0,17%, se recuperando de perdas de mais cedo após o indicador alemão, enquanto Paris avançava 0,41%. Já Londres, pressionada pelo fortalecimento da libra, caía 0,22%. Entre outros mercados europeus, o de Madri e Milão avançavam 0,86% e 0,67%, respectivamente, mas o de Lisboa recuava 0,08%. No câmbio, o euro subia a US$ 1,1866, após chegar a ser cotado a US$ 1,1875 mais cedo, também na esteira do dado alemão, e a libra avançava a US$ 1,3319.

O setor de alimentos e bebidas é destaque positivo nos negócios da manhã. Na bolsa francesa, as ações da Danone subiam mais de 1%, após a China anunciar hoje que vai reduzir tarifas cobradas sobre uma série de bens de consumo importados a partir do mês que vem. Com informações da Dow Jones Newswires.

Estadão