João Pessoa 14/08/2018 17:31Hs

Início » Economia » Centro-Sul processa 22,21 mi t de cana na 1ª quinzena de abril, mostra Unica

Centro-Sul processa 22,21 mi t de cana na 1ª quinzena de abril, mostra Unica

Ribeirão Preto, 25- As usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil processaram 22,21 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de abril da safra 2018/2019. O volume é 25,64% maior que o total de 17,68 milhões de toneladas moído em igual período da safra passada, segundo dados apresentados nesta quarta-feira, 25, pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Em comunicado, a Unica citou que 170 empresas iniciaram moagem até dia 15 de abril, em comparação com 162 unidades industriais em igual data do ano passado. Na segunda quinzena deste mês, outras 57 empresas devem iniciar o processamento na safra 2018/2019, informou a entidade.

Segundo o diretor técnico da Unica, Antonio Padua Rodrigues, nove usinas não devem processar na atual safra “em função da menor oferta de cana ou da difícil condição financeira, sendo três no Paraná, uma em Mato Grosso do Sul, uma no Rio de janeiro e quatro empresas em São Paulo”, informou.

Com 31,50% da oferta total de cana destinada ao açúcar e 68,50% ao etanol, a produção do adoçante atingiu 714 mil de toneladas quinzena inicial de abril, alta de 0,93% sobre igual período de 2017. A oferta total do biocombustível foi de 993 milhões de litros no período – 26,82 milhões de litros produzidos de milho e o restante de cana -, alta de 44,65% ante igual quinzena da safra passada de 687 milhões de litros.

Foram produzidos 856 milhões de litros de hidratado (18,26 milhões de litros obtidos de milho), alta de 63,33% e 137 milhões de litros de anidro (8,56 milhões a partir do milho), recuo de 15,66%. A Unica informou que do total produzido de hidratado, 40 milhões de litros vieram da transformação de anidro.

O teor de sacarose na cana, medido na quantidade de Açúcar Total Recuperável por tonelada processada (ATR/t), foi de 107,07 quilos (kg) na quinzena inicial de abril da safra 2018/2019, 0,41% superior ao de igual período da safra passada.

Estadão