João Pessoa 26/04/2018 22:41Hs

Início » Economia » Produção de veículos em outubro cai 30% em relação ao mesmo mês de 2014

Produção de veículos em outubro cai 30% em relação ao mesmo mês de 2014

Na comparação com setembro, fabricação cresceu 17,4%, mas vendas recuaram 4%, segundo a Anfavea

veiculos 1Caminhões da montadora BMB na cidade de Porto Real (RJ)

A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro recuou 30,1% em comparação o mesmo mês do ano passado, informou nesta sexta-feira a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Com o resultado, a produção acumula queda de 21,1% no ano.

Em comparação com setembro, a produção cresceu 17,4%. Em outubro, a indústria automobilística brasileira fabricou 205.020 veículos, de acordo com a Anfavea. “Esse crescimento [na base mensal] foi basicamente influenciado por setembro, quando várias empresas concederam férias coletivas para tentar ajustar o volume de estoques”, disse a jornalistas o presidente da Anfavea, Luiz Moan.

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, por sua vez, caíram 4% na comparação com setembro e 37,4% em relação o mesmo mês do ano passado. Os emplacamentos somaram 192.146 unidades em outubro. Com o resultado, os licenciamentos acumulam queda de 24,3% no período de janeiro a outubro em relação ao mesmo período de 2014.

As exportações do setor, incluindo os dados sobre máquinas agrícolas, somaram 868,1 milhões de dólares. O montante é 3,7% maior que o de setembro e 7,6% menor que o de outubro de 2014, segundo a Anfavea. As vendas ao mercado externo acumulam baixa de 10,5% no período de janeiro a outubro de 2015.

Os embarques totalizaram 39.772 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus exportados, um aumento de 18,7% na comparação com setembro e avanço de 69,2% em relação ao mesmo mês do ano passado. No ano, as exportações em unidades acumulam crescimento de 16,9%.

Demissões – Em outubro, a indústria automobilística eliminou 900. Após as recentes demissões, o setor encerrou o décimo mês do ano com 132,7 mil empregados, queda de 0,6% na comparação com setembro e recuo de 9,7% ante o mesmo mês do ano passado. Com o resultado, a indústria automotiva já demitiu 11,8 mil empregados em 2015.

(Com Estadão Conteúdo)