João Pessoa 21/05/2018 05:18Hs

Início » Educação » MEC classifica o Curso de Computação da UEPB como o segundo melhor do país

MEC classifica o Curso de Computação da UEPB como o segundo melhor do país

mec-classifica-o-curso-de-computacao-da-uepb-como-o-segundo-melhor-do-pais.jpg.280x200_q85_cropO Curso de Licenciatura em Computação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), do Campus I de Campina Grande, é o segundo melhor do país na avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2012. O curso participou pela primeira vez das provas do Enade, com 44 estudantes, e o resultado divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) surpreendeu.

O desempenho ficou acima do esperado. Somando as notas das provas de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, o curso da UEPB obteve 4.3845, o que lhe assegurou o conceito 5. A UEPB só ficou atrás da UFCG – Campus de Rio Tinto, que obteve a nota 4.5009. A boa avaliação colocou a Instituição à frente de grandes universidades, como a Universidade Federal de Salvador e a UnB de Brasília, que ficaram respectivamente em 3º e 4º lugar nacional nessa área.

Mais de 50 universidades públicas e privadas fizeram as provas. O Curso de Computação da UEPB – Campus de Patos também obteve bom desempenho, conquistando a nota 2.1833, ficando entre os 16 melhores do país com conceito 3. Para o professor Daniel Scherer, coordenador do curso no Campus I, o resultado do Enade traduz a qualidade dos cursos de Computação da UEPB.

Ele classificou o resultado como fruto do trabalho realizado pela Reitoria, que realizou vários concursos públicos que permitiram a entrada de uma nova leva de professores. Esses professores foram responsáveis pelas aulas ministradas aos alunos nos últimos dois anos, preparando-os para a prova. Segundo Daniel, a coordenação e o departamento fizeram uma campanha pedindo as alunos do curso para fazerem as provas do Enade não deixando questões em branco.

Chefe do Departamento de Computação do Campus I, o professor Robson Pequeno disse que o resultado ficou além do esperado. Isso, porque o Departamento ainda é recente, tendo pouco mais de dois anos de existência. “Foi uma grata surpresa. Tudo isso mostra o quanto a coordenação e a chefia estão empenhadas no crescimento desse curso”, disse.

A avaliação anual dos cursos e das instituições de ensino superior no país foi divulgada recentemente pelo MEC. Ao todo, foram avaliadas 2.136 universidades, faculdades e centros universitários. Desse total, 50,6% tiveram conceito 3, considerado satisfatório. Apenas 27 faculdades e universidades alcançaram a avaliação máxima.

O índice é formado pelo desempenho dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, pela avaliação da estrutura da universidade e pela formação do corpo docente – quanto maior o número de professores mestres ou doutores, maior a nota.

O Enade tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação. Na edição de 2012, os universitários fizeram a prova para avaliar os cursos de bacharelado em Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Design, Direito, Psicologia, Relações Internacionais, Secretariado Executivo e Turismo, além dos cursos superiores de Tecnologia em Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais.

ascom