João Pessoa 22/06/2018 17:14Hs

Início » Entretenimento » Campanha #ÉCoisadePreto enaltece negros após vídeo de William Waack

Campanha #ÉCoisadePreto enaltece negros após vídeo de William Waack

Internautas enaltecem grandes feitos da história realizados por negros

Após a divulgação de um vídeo em que o jornalista William Waack, afastado do “Jornal da Globo”, da TV Globo, aparece criticando o barulho de uma buzina afirmando ser “coisa de preto”, internautas deram início a uma campanha chamada #ÉCoisadePreto. O mote da movimentação é enaltecer grandes feitos da história realizados por negros.

Nomes como Nina Simone, Milton Santos, Beyoncé, Rihanna, Hattie McDaniel, Lázaro Ramos, Taís Araújo, Elza Soares e Rafaela Silva foram lembrados. “É muito bonito quando uma coisa tão enriquecedora como essa #ÉCoisadePreto originária da intolerância e desrespeito de alguém, isso mostra que somos sim capazes de enaltecer qualidades ao invés de desmerecer o próximo”, afirmou o internauta Samuel Mizael.

Discurso antirracista em “Malhação”
Em uma cena exibida no capítulo da última quinta-feira (9) de “Malhação”, a personagem Ellen (Heslaine Vieira) faz um discurso contra o racismo sofrido na escola particular em que estuda. A cena ganhou ainda mais importância para os telespectadores após o vazamento do vídeo de William Waack e seu afastamento do “Jornal da Globo”, além do cancelamento do programa “Painel”, da GloboNews.

Revoltada após ser vítima de racismo dos colegas, que a entregaram uma caixa com doces para vender e juntar dinheiro para passagens para um evento de tecnologia, a personagem inicia um discurso antirracista para os outros alunos. “Só hoje eu entendi o lugar ao qual pertenço de verdade e de onde eu nunca devo sair. Meu lugar é de lutar pelos meus direitos”, disse em frente aos alunos.

William Waack

 Folha de Pernambuco