João Pessoa 16/07/2018 19:55Hs

Início » Entretenimento » Bella Piero posa nua e fala sobre aceitação : “O corpo é meu”

Bella Piero posa nua e fala sobre aceitação : “O corpo é meu”

Atriz de 'O Outro Lado do Paraíso' contou que já teve dificuldade em aceitar suas imperfeições

Bella Piero compartilhou em seu Instagram uma foto em que aparece nua boiando em um rio. A atriz de O Outro Lado do Paraíso aproveitou a imagem para dividir com seus seguidores sua opinião sobre a liberdade e a aceitação de seu corpo.

“Me pego parada, pensando, inúmeras vezes antes de postar. Quero falar sempre sobre o que pulsa aqui dentro de verdade, quero dialogar sobre o que me é caro. Mas me sentir limitada em escolher as palavras certas e a foto não tão polêmica do meu corpo é um exercício de nadar contra a corrente. Eu quero falar sobre o que eu quiser, da forma, imagem e cor que eu achar interessante. O corpo é meu, a história é minha, as batalhas, vergonhas e medos, também”, escreveu ela.

A jovem, de 22 anos, ainda contou que teve muita dificuldade para aceitar suas curvas e analisou a busca pela beleza. “Eu respeito muito o meu corpo. E eu demorei para falar isso com convicção. Porque como todo mundo, tenho vários pequenos e grandes detalhes que nunca gostei em mim. Fruto de uma profunda massificação da estética. O resultado de ouvirmos desde crianças que existem arquétipos específicos, que são considerados o verdadeiro padrão de beleza. E o nosso corpo infelizmente registra essa mensagem entendendo como regra de socialização e rejeita tudo que não se encaixa nela. O que é beleza para você? Eu aprendi a reconhecer o valor de cada detalhe que carrego no meu corpo e mais do que isso, entendi que eles fazem parte de mim e da minha história. Eles contam quem eu sou”, explicou.

“Tem coisa mais linda do que isso? Isso sou eu. Essas marcas, esse tamanho, essa cor, esses pêlos, esse cheiro. O meu ritual de beleza é meu ritual de autoconhecimento e aceitação. Porque para mim a beleza mais bonita é saber quem nós somos e não ter medo nenhum de assumir e expor isso. Sendo unicamente diferentes dentro das nossas próprias medidas. Ser humano. Somos todos.”

Bella Piero fala sobre personagem que sofreu abuso sexual
A atriz já atuou em outras novelas — Boogie Oogie (2014), Verdades Secretas (2015) e A Lei do Amor (2016) — mas foi em O Outro Lado do Paraíso que Bella se destacou por sua personagem com uma pesada carga dramática. Na pele de Laura, Bella comoveu o público e conseguiu levantar uma importante discussão: a do abuso sexual.

Na trama, a garota tímida é abusada pelo padrasto (Flávio Tolezani) na infância e sofre em segredo, uma vez que a mãe, Lorena (Sandra Corveloni), tem um posicionamento omisso. Porém, a questão vem à tona após o casamento com o médico Rafael (Igor Angelkorte), com quem não consegue ter relações sexuais por causa do trauma. Por meio de uma sessão de hipnose orientada por Adriana (Julia Dalavia), a jovem resgata as memórias das agressões e consegue lembrar que foi vítima de abuso e até denunciar o padrastro.

“O abuso é um assunto que abrange, ouso dizer, quase todas as mulheres. Nestes nove meses envolvida com o tema, ainda não consegui encontrar uma mulher a minha volta que nunca tenha entrado em contato com nenhum tipo de abuso – seja moral, mental, emocional ou físico. Quis fazer a Laura da forma mais real possível, para que ela não fosse apenas mais uma personagem. Sempre tive muita garra. Neste trabalho pudemos mostrar como a nossa educação é falha, omissa, atrasada para meninas e meninos. O abuso contra os garotos também existe. As mulheres são 90% das vítimas, mas também existem abusos contra eles. Essa cultura do estupro atinge todo mundo violentamente desde a infância. O homem aprende que não pode chorar, que tem que ser machão, que não pode ser sensível. O homem é considerado sucesso por pegar geral e dar conta do recado, enquanto a mulher fica submissa. A gente até já conseguiu evoluir um pouco. As mulheres estão mais empoderadas, mas é uma luta diária para as mudanças acontecerem. Ainda existe diferença salarial, mulheres ainda são cantadas nas ruas, são abusadas moralmente, psicologicamente, sexualmente… A educação realmente precisa mudar.”

Bella Piero (Foto: FAYA)
G1.Globo