João Pessoa 26/05/2018 21:46Hs

Início » Entretenimento » “Já fizemos outras vezes”, revela marido de Laura Keller após vazamento de vídeo

“Já fizemos outras vezes”, revela marido de Laura Keller após vazamento de vídeo

Modelo teve vídeo íntimo divulgado nas redes sociais nesta sexta-feira (17)

laura kellerApós o vídeo que mostra a atriz Laura Keller em momentos quentes com outra mulher vazar na internet, na sexta-feia (17), o marido da atriz, Jorge Sousa, resolveu se pronunciar. Em entrevista ao ‘Ego’, ele revelou que foi o responsável por fazer a gravação e que já tinha feito imagens íntimas de Laura antes.

“A moça que aparece no vídeo é uma amiga nossa. Já fizemos com outras mulheres”, disse ele, confessando que as imagens foram divulgadas por um amigo da atriz. “A Laura mandou o vídeo para um amigo e ele o divulgou. Espero que ele seja punido de alguma forma”.

“Sou contra rótulos… Gosto de pessoas: homem ou mulher. Estava na minha casa, com meu marido, na minha intimidade. Ninguém melhor do que eu para realizar as fantasias do meu marido. Sou bem casada e ele está ao meu lado nessa parada. O problema não é o que eu estava fazendo, mas a violação da minha intimidade”, disse Laura.

Laura teve vídeo íntimo divulgado na sexta-feira (17).
(Foto: Reprodução/Instagram)

Nas imagens, Laura aparece usando uma meia-calça 7/8, salto alto e chicote na mão. Ela não sabe como o vídeo vazou na internet, mas diz que está buscando justiça. “Infelizmente sou mais uma vítima da invasão de privacidade que sofremos atualmente. Minha intimidade diz respeito apenas a mim e a meu marido. Estamos investigando e espero que a lei ‘Carolina Dieckmann’, que torna crime a invasão de aparelhos eletrônicos, possa nos ajudar”, afirma.

A lei 12.737 de 2012, que ficou conhecida como “Carolina Dieckmann”, em referência ao vazamento das imagens da atriz na rede, entrou em vigor em abril de 2013. A lei prevê detenção de seis meses a dois anos, além de pagamento de multa para que divulgar, comercializar ou enviar informações como comunicações privadas, segredos industriais e dados sigilosos.

Correio da Bahia