João Pessoa 17/07/2018 19:39Hs

Início » Entretenimento » Thriller brasileiro é premiado no Festival de Locarno, na Suíça

Thriller brasileiro é premiado no Festival de Locarno, na Suíça

Frame do longa “As boas maneiras”, de Juliana Rojas e Marcos Dutra, vencedor do prêmio especial do júri do Festival de Locarno 

O filme “As boas maneiras”, de Marco Dutra e Juliana Rojas, levou o prêmio especial do júri do Festival de Locarno 2017 neste sábado (12). O diretor chinês Wang Bing recebeu o Leopardo de Ouro, distinção máxima do festival, por seu novo documentário, “Mrs. Fang”, que retrata os últimos dias de uma mulher com Alzheimer.

O júri da 70ª edição do tradicional Festival de Locarno, na Suíça, presidido pelo celebrado diretor francês Olivier Assayas (“Sils Maria”, “Personal Shopper”), optou por consagrar a “gestos importantes de cinema”, como sublinham os periódicos europeus do setor. O Leopardo de Ouro recebido por “Mrs. Fang”, do diretor chinês Wang Bing, abriu as portas da competição principal de Locarno para os documentários.

A imprensa europeia destaca a coragem e a audácia do resto da premiação. Para a revista Télérama, “As boas maneiras” (“Les bonnes manières”, no título em francês) dos brasileiros Juliana Rojas e Marcos Dutra (“Trabalhar Cansa”, seleção “Um certo olhar” de Cannes em 2011), que levou o prêmio especial do júri, os diretores fazem um “trabalho de reinvindicação em perfeita coerência de estilo”. “A sensibilidade que domina neste filme é a da intimidade, seja na relação entre mãe e filho ou aquela que unem as mulheres. O lobisomem se refere à identidade da diferença, e também à sua rejeição. Um discurso claro, nunca forçado”, conclui Télérama sobre o longa de horror dos brasileiros.

Entre os destaques de Locarno 2017 constam ainda “Madame Hyde”, de Serge Bozon, com a insuperável Isabelle Huppert, que levou o prêmio de Melhor Atriz desta edição do festival suíço. Huppert aparece renovada no papel de uma professora de escola técnica, aclamada por sua performance pelos jornais franceses; e o filme “9 Doigts” (“9 Dedos”, em português), do diretor Ossang, “uma nova viagem em 35 mm e em preto e branco, soberbo e misterioso”, afirma o jornal francês Le Monde. O filme mostra a aventura radical do personagem Magloire, em um navio de carga com fugitivos da polícia e traficantes de polônio.

Assista aqui o trailer de “As boas maneiras”, dos brasileiros Juliana Rojas e Marco Dutra:

Noticiário Francês