João Pessoa 22/04/2018 16:15Hs

Início » Esporte » Aldo aposenta Ronda: ‘se eu ganhasse muito dinheiro fazendo filme, pararia’

Aldo aposenta Ronda: ‘se eu ganhasse muito dinheiro fazendo filme, pararia’

josé aldoCampeão peso pena do UFC, José Aldo mostrou-se descrente nesta quarta-feira (18) sobre o retorno da ex-campeã peso galo feminino Ronda Rousey ao octógono. Depois do massacre imposto pela também norte-americana Holly Holm no último fim de semana, o brasileiro diz acreditar que a carreira da “menina dos olhos” do Ultimate termina

“Acho muito difícil a Ronda recuperar o cinturão. Acho complicado até que ela volte a lutar pelo rumo que a carreira tomou. Se eu ganhasse muito dinheiro fazendo filmes, partiria para esse lado. Acham que eu estragaria o meu rosto levando soco na cara? Nem louco”, afirmou.

“Acredito que ela não volte a lutar. Pode até tomar essa decisão, mas eu não voltaria. A Ronda deixa o legado de mudança no MMA feminino. Ela fez muito pelo esporte”, completou.

Aldo participou de um encontro com a imprensa nesta manhã para também falar sobre a preparação para o combate mais esperado do ano. No dia 12 de dezembro, ele encara o irlandês Connor McGregor, em Las Vegas, pelo UFC 194. A luta vale o cinturão dos penas. Questionado se o que aconteceu com Ronda Rousey serve de exemplo para o duelo e até para a própria carreira, o manauara rechaçou.

Ampliar

Holly Holm acerta chute que nocauteou Ronda Rousey Leia mais Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images

“Não tomei lição. Acho que o MMA feminino é uma coisa muito nova. Um atleta com grande qualidade acaba dominante. O MMA feminino é isso. A Ronda é uma grande campeã, mas com os homens é uma coisa mais alto nível. Os atletas não são atropelados por uma modalidade. Não se sobrevive só com um tipo de luta no MMA. É preciso estar bem para onde a luta for. Procuro me atentar a isso. Mas prefiro assistir luta feminina também. Elas vão para a porrada mesmo, fazem o máximo”, disse.

Ronaldo Jacaré esteve no encontro e pediu respeito a ex-campeã. O brasileiro enfrenta o cubano Yoel Romero no mesmo card de Aldo x McGregor e tem boas chances de disputar o cinturão dos médios em caso de nova vitória.

“Todo lutador está sujeito a isso. Vencemos ou perdemos. Pode acontecer com qualquer um. Independentemente de qualquer coisa, a Ronda elevou o esporte feminino e precisamos respeitá-la. Ela foi impressionante na carreira. Colocou o MMA entre as mulheres na história”, encerrou.

Memes de Ronda Rousey após o nocaute13 fotos

Ronda Rousey caiu na zoeira dos internautas, com memes após a derrota para Holly Holm. Até o leãozinho Simba, de O Rei Leão, apareceu Reprodução.
Uol