João Pessoa 16/08/2018 18:16Hs

Início » Esporte » Aos 36 anos, morre ex-jogador do United 3 meses após ser diagnosticado com câncer

Aos 36 anos, morre ex-jogador do United 3 meses após ser diagnosticado com câncer

Morreu na última sexta-feira Liam Miller, ex-jogador do Manchester United e da seleção da Irlanda, em decorrência de um câncer no pâncreas constatado em novembro do ano passado. Ele tinha 36 anos e deixa três filhos e a esposa, Clare.

O atleta foi presença habitual em todas as categorias de base do selecionado de seu país, passando pela sub-16, sub-18, sub-20 e sub-21, além da principal, pela qual atuou entre 2004 e 2009, em 21 partidas ao todo, marcando um gol.

Apesar de ter nascido em Cork, na Irlanda, o ex-meio-campista foi revelado em 2000 pelo Celtic, principal equipe da Escócia.

Em 2004, ele chegou ao Manchester United, por onde passou dois anos, mas com só nove jogos disputados no total.

Além dos “Red Devils” e dos “Bhoys”, Miller atuou por AGF, da Dinamarca, Leeds United, Sunderland, Queens Park Rangers, Hibernian, da Escócia, Perth Glory e Brisbane City, ambos da Austrália, Cork City, da Irlanda, além do norte-americano Wilmington Hammerheads, o último clube de sua carreira, em 2016.

Por meio de suas contas oficiais do Twitter, tanto United, como Celtic, anunciaram a morte de seu ex-atleta e lamentaram o ocorrido.

“O Manchester United está profundamente entristecido por saber da trágica morte de um de nossos ex-meio-campistas Liam Miller. Nós prestamos condolências a seus entes queridos neste momento de extrema dificuldade”, escreveu a equipe inglesa.

“Todos no Celtic estão profundamente entristecidos de ouvir sobre o falecimento do nosso ex-meio-campista Liam Miller. Nossos pensamentos e orações estão com sua família e amigos neste momento. Descanse em paz, Liam. Você nunca andará sozinho”, comentaram os escoceses.

Um minuto de silêncio deverá ser prestado nas partidas de ambas as equipes em seus respectivos campeonatos.

ESPN