João Pessoa 27/05/2018 07:48Hs

Início » Esporte » Às escuras, Delair é eleito presidente do Conselho Deliberativo do Fla

Às escuras, Delair é eleito presidente do Conselho Deliberativo do Fla

Em apuração feita à luz de lampião a gás, Delair Dumbrosk foi eleito presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo e já foi empossado pelo agora ex-presidente do poder, Sylvio Capanema. Em votação apertada, o candidato respaldado por Eduardo Bandeira de Mello e o grupo político que tomará posse em janeiro conseguiu 287 votos contra 238 do ex-presidente Gilberto Cardoso Filho, o segundo colocado, que já foi presidente do poder em duas ocasiões, uma delas durante o impeachment de Edmundo dos Santos Silva. Delair era o presidente em exercício do Flamengo em 2009, quando Marcio Braga pediu licença, e o time foi campeão brasileiro.

Ele participou ativamente da campanha vitoriosa da Chapa Azul e afirmou, na quarta-feira, que pretende concluir a modernização do estatuto até o fim de 2013, além de dar sustentação à nova gestão. Lysias Itapicurú ficou em terceiro, com apenas 43 votos. Houve ainda dois votos brancos e um nulo. O total de conselheiros que votaram foi de 571.

– É uma enorme felicidade. Poucas pessoas têm a honra de ocupar três cargos em poderes deste clube. Fui presidente do Conselho Fiscal, presidente interino do hexa e agora estou no Deliberativo. Espero não decepcionar e trazer a harmonia política para esta casa. Temos de fazer um novo estatuto, melhorar a questão da aprovação de contratos, e preciso de vocês. Sem vocês não sou ninguém – disse Delair em seu discurso.

No fim, ele puxou o hino do Flamengo, mas como não havia energia elétrica, ele determinou:

– Vamos a capela mesmo.

Todo mundo obedeceu a plenos pulmões.

– Terminamos sem luz, mas teremos muita luz daqui para frente. Não foi uma eleição fácil. O Gilberto já foi presidente do clube e do Conselho Deliberativo, então tem história. Agora é buscar a união política dentro desta casa para conseguirmos reformar o estatuto. Faremos um trabalho em conjunto com a nova gestão. Grande parte dessa vitória eu devo a essa onda azul. A onda aziul é a grande novidade do Flamengo e tive a felicidade de ser escolhido por eles. Hoje é um dia histórico, pois são 31 anos que o Flamengo ganhou o título mundial e é muito bom ter como vice o Rodrigo Dunshee de Abranches (filho de Antonio Augusto, presidente do Flamengo em 1981) – disse Delair aos jornalistas.

O presidente eleito Eduardo Bandeira de Mello também comemorou a vitória do seu candidato, mas fez questão de elogiar os outros dois concorrentes:

– Apoiei o Delair porque foi quem nos apoiou desde o início. Talvez tenhamos mais afinidade, mas qualquer um dos candidatos que vencesse eu tenho certeza tenho certeza de que teríamos um grande rubro-negro à frente do Conselho.

Sobre a importância de ter na presidência do Deliberativo um candidato que esteve ao seu lado e o que isso implicava na adoção do modelo profissional em todo futebol do clube, Bandeira afirmou que a reforma do estatuto não terá tanta influência:

– É sempre importante ter um presidente de poder ao seu lado, mas para a implantação do modelo profissional que queremos não dependemos de reforma do estatuto. Essa reforma é importante em outras áreas, como a ampliação do quadro de sócios e da implantação de um novo programa de sócio-torcedor.

O presidente eleito informou que a solenidade de posse deve ser no dia 27 deste mês, mas que efetivamente só assumirá a presidência do Flamengo no dia 2 de janeiro. Ele diisse ainda que Zico iria ao clube votar, mas que por volta de 19h aconselhou o ídolo a não seguir para a Gávea devido à forte chuva e ao trânsito completamente engarrafado na Zona Sul da cidade. Wallim Vasconcelos, vice-presidente de futebol, também esteve presente.

Por causa do temporal que caiu no Rio no início da noite desta quinta-feira, a sede da Gávea ficou sem energia elétrica e a votação foi feita á luz de velas até o fim e a apuração teve a ajuda de um lampião a gás. A Chapa Azul, diante da proximidade dos candidatos, se movimentou com a mesma logística que ajudou o grupo a vencer a disputa pela presidência do clube: o call center entrando em contato com os conselheiros e a oferta de transporte para a sede. Entre as missões do Conselho Deliberativo estão a aprovação de contas do clube e de contratos.

Globoesporte