João Pessoa 22/06/2018 16:57Hs

Início » Esporte » Com início arrasador, Inter vence Tigres e abre vantagem

Com início arrasador, Inter vence Tigres e abre vantagem

Com dois gols em menos de dez minutos, time gaúcho derrotou a equipe mexicana por 2 a 1 no Beira-Rio e saiu na frente na busca por uma vaga na final da Copa Libertadores

inter vence mexixoO argentino Andrés D’Alessandro comemora gol na vitória do Internacional sobre o Tigres (MEX) na primeira partida das semifinais da Copa Libertadores

O Internacional começou em vantagem a luta para chegar à final da Libertadores. Com um começo de jogo arrasador, fez dois gols em menos de dez minutos, mas viu o Tigres diminuir para 2 a 1. O resultado permite ao Colorado empatar por qualquer placar no México. Derrota por um gol de diferença de 3 a 2 para cima também serve. Se os mexicanos ganharem por 1 a 0, eliminam o time gaúcho da decisão contra River Plate ou Guaraní, do Paraguai. A partida de volta será na quarta-feira que vem.

Avassalador na largada, o Inter abriu 2 a 0 em nove minutos, gols de D’Alessandro e Valdívia. Porém, diminuiu o ritmo e permitiu ao Tigres descontar o placar. Os mexicanos terminaram o primeiro tempo pressionando, e poderiam ter levado um empate ao intervalo. O time visitante seguiu melhor no começo da etapa final, mas a expulsão de Ayala, autor do gol, trouxe ao Inter novamente o controle do jogo. No entanto, o time gaúcho não conseguiu chegar ao terceiro gol, que lhe daria uma vantagem ainda maior para o segundo jogo. O Inter ainda joga neste sábado contra o Goiás, no Beira-Rio, pelo Brasileirão, com time reserva.

O jogo – O time da casa começou a partida em ritmo intenso: logo aos quatro minutos, Nilmar aproveitou erro na saída de bola mexicana e acionou D’Alessandro, que bateu de primeira e fez 1 a 0. Aos nove, o segundo gol: Valdívia apanhou sobra após jogada de Nilmar, chutou, a bola desviou em Ayala e enganou o goleiro Guzmán.

Foi só a partir dos 15 minutos que o time mexicano começou a se encontrar em campo. E não demorou para descontar. Aos 23, Ayala subiu sozinho em cobrança de escanteio e desviou para o gol de Alisson. O Inter tentou responder rápido em boa chegada de Aránguiz na área. Aos 26, D’Alessandro fez boa jogada e cruzou. Valdívia desviou de cabeça e Lisandro López chegou atrasado, por pouco não conseguindo mandar para a rede. No resto do primeiro tempo, o Tigres controlou as ações – mas parou nas defesas de Alisson. O goleiro do Inter defendeu arremates de Sóbis e Gignac e garantiu a vitória parcial do time gaúcho.

Depois de um início de segundo tempo equilibrado, a tarefa do Inter ficou mais fácil com a expulsão de Ayala, após entrada violenta em Lisandro López. O técnico brasileiro Ricardo Ferretti se viu obrigado a retirar Damm e recompor a defesa com Briseño. O Inter demorou a se impor, mas começou a pressionar aos 27, quando Valdívia cruzou e Lisandro López cabeceou para grande defesa de Guzmán. O goleiro mexicano salvou outra tentativa do argentino no minuto seguinte.

Nos minutos finais, o Inter partiu para a pressão em busca de aumentar a vantagem. Já com Vitinho e Rafael Moura em campo, perdeu boa chance aos 41, em falta batida por Aránguiz para fora. A seguir, D’Alessandro bateu escanteio e Geferson, livre, cabeceou para fora. Aos 45, William cruzou, Lisandro López desviou de cabeça, mas ninguém completou para o gol.

(Com Gazeta Press)