João Pessoa 23/07/2018 03:55Hs

Início » Esporte » Consolada por torcida, Seleção deixa hotel na Rússia

Consolada por torcida, Seleção deixa hotel na Rússia

Tentando digerir a eliminação da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira começa a se despedir da Rússia. Na manhã deste sábado, dia seguinte à derrota por 2 a 1 para a Bélgica, pelas quartas de final, 11 jogadores e membros da comissão técnica deixaram o hotel em Kazan e rumaram ao aeroporto da cidade.

Cerca de 50 torcedores foram até a porta do hotel para aplaudir e manifestar apoio aos atletas, que se abraçaram antes de se separarem em grupos. Os goleiros Alisson e Cássio, o volante Fernandinho, o lateral esquerdo Filipe Luís e o preparador Taffarel foram os primeiros a sair.

Em seguida, também recebendo aplausos dos fãs, os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos, os atacantes Willian e Roberto Firmino, o goleiro Ederson, o volante Paulinho e o meia Renato Augusto deixaram a base do Brasil em Kazan.

Divididos em grupos, eles entraram em carros e partiram rumo ao aeroporto. Pouco antes, o astro Neymar recebeu o filho Davi Lucca e a mãe Nadine Gonçalves no lobby do hotel, onde foi consolado com abraços de ambos. Quando se dirigiu ao ônibus, recebeu o apoio dos presentes, que gritaram seu nome. Na última sexta-feira, após o revés para a Bélgica, o atacante deixou a Arena Kazan sem falar com a imprensa.

Acompanhado de membros de sua comissão técnica, Tite foi mais um que deixou o hotel da Seleção muito aplaudido e ovacionado pelos torcedores presentes. Juntos dele, saíram Gabriel Jesus, Fágner e Fred. O ônibus deixou as instalações em Kazan por volta das 10h (de Brasília) rumo ao aeroporto.

Em voo fretado pela CBF, a Seleção Brasileira deve desembarcar no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, às 5 horas (de Brasília) deste domingo, após fazer escala em Madri, na Espanha.