João Pessoa 14/08/2018 15:36Hs

Início » Esporte » Corinthians ensaia massacre na Arena, mas relaxa e vence por 5 a 3

Corinthians ensaia massacre na Arena, mas relaxa e vence por 5 a 3

Timão arrasa o Penapolense com cinco gols, perde outros, relaxa, leva três e chega ao 27 jogo invicto na arena. Recorde do Pacaembu? Já era!!!

corinthians_x_penapolense-guerreiro_comemora_LANIMA20150326_0321_54Baile. Curtição. Massacre. Show. Humilhação. Caro internauta, escolha qualquer uma dessas palavras que você resumirá bem o placar de 5 a 3 da noite desta quinta-feira, na Arena Corinthians. O que se viu no confronto com o Penapolense foi uma daquelas disparidades que faz o Paulistão cair em descrédito, principalmente nessa primeira fase. Em apenas 30 minutos, a equipe de Tite vencia por 4 a 0. Sim, isso mesmo. Foi um gol a cada sete minutos e 30 segundos…

O primeiro, logo aos 9 minutos, com Guerrero. O peruano, que já é o maior artilheiro estrangeiro da história do clube, pegou o rebote e marcou seu 50º gol pelo Timão.

O segundo, aos 11. Sim, dois minutos, Yago completou um escanteio, de cabeça. Foi o primeiro gol do jovem zagueiro, que se firma a cada jogo no time profissional.

O terceiro “demorou“ um pouco mais. Foi aos 26, com Emerson Sheik. E um bonito gol, ao chutar no ângulo. Com classe e uma pontaria de raríssima felicidade. O quarto gol foi mais rápido. Aos 30, quatro minutos depois, com Petros, que recebeu linda bola de Jadson e bateu forte. Outro bonito gol…

Massacre. Show. Baile. Tudo em apenas 30 minutos de bola rolando. Mas não pense que o Penapolense não deu sustos em Cássio. Deu, sim. Mas o goleiro, assim como seus companheiros de linha, estava inspirado. E não deu brechas.

Na segunda etapa, o que se viu foi… a mesma situação. Um Corinthians arrasador, na busca de mais gols. E um rival assustado, com algumas chances de marcar. E Guerrero resolveu aumentar logo no início, após girar em cima do zagueiro. Foi o 51º do peruano pelo Alvinegro.

Tite lembrou que era o terceiro jogo em cinco dias. Houve substituições. A equipe resolveu tirar o pé. E parou de atacar. Mais do que isso. Passou a dar chance ao Penapolense, que aproveitou e marcou duas vezes com Crislan. E ainda faria o terceiro com Luiz Gustavo. Mas era tarde demais. Foi o 27º jogo invicto na Arena, ultrapassando a maior sequência registrada no Pacaembu, que era de 26 jogos.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 5 x 3 PENAPOLENSE

LOCAL: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
DATA-HORA: 26/3/2015, 19h30
Árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP)
Auxiliares: Marco Antônio de Andrade Motta Júnior e Maria Eliza Correia Barbosa (SP)
PÚBLICO/RENDA: 27.403 presentes/ R$ 1.113.002,95

Cartões amarelos:

GOLS: Guerrero, 9’/2ºT (1-0); Yago, 11’/2ºT (2-0); Emerson Sheik, 26’/1ºT (3-0); Petros, 30’/2ºT (4-0); Guerrero, 7’/2º T (5-0); Crislan, 29’/2ºT (5-1), Crislan, 33’/2ºT (5-2).

Lancenet