João Pessoa 15/07/2018 20:56Hs

Início » Esporte » Cub Swanson, sobre finalização de Brian Ortega: “Senti que eu ia morrer”

Cub Swanson, sobre finalização de Brian Ortega: “Senti que eu ia morrer”

Americano explica sensação ao levar guilhotina que rendeu a vitória ao rival na luta principal do UFC Fresno, neste sábado

Cub Swanson não poderia ter sido mais claro ao comentar a guilhotina que levou de Brian Ortega na luta principal do UFC Fresno, realizada neste sábado, na Califórnia (EUA). O lutador, número 4 do ranking dos penas (até 66kg), teve boa atuação enquanto conseguiu manter a distância do rival, porém, sucumbiu ao jiu-jítsu letal do adversário no segundo assalto.

– Senti que eu ia morrer. Ficou apertado logo de cara. Eu meio que sacudi ele, e ele ficou só com uma das mãos. Segurei o braço e o pulso dele e me senti bem. Então ele segurou a mão dele e eu senti que ainda poderia sair, aí ele reajustou. Senti as pernas dele subirem no meu corpo, ele apertou minha cabeça e entrei em pânico – contou, em entrevista coletiva após o evento.

Se no segundo assalto não houve como escapar, no primeiro, Swanson foi salvo pelo gongo. Nos segundos finais do round, Ortega encaixou um triângulo de mão invertido do qual Cub resistiu até o cronômetro zerar. Entretanto, Swanson acredita que teria escapado da posição caso houvesse mais tempo.

– Ficava apertado, depois afrouxava. Ficava apertado, depois afrouxava. Ele estava fazendo ajustes, mas eu estava fazendo todas coisas que eu precisava fazer para criar espaço. Por sorte, o sino tocou, mas acho que eu ia sair da posição – concluiu.

Combate