João Pessoa 23/05/2018 18:24Hs

Início » Esporte » Em ‘show tático’, Grêmio e Atlético-PR fazem bom jogo, mas não saem do zero

Em ‘show tático’, Grêmio e Atlético-PR fazem bom jogo, mas não saem do zero

As duas equipes fizeram uma partida recheada de chances de gol, mas não conseguiram marcar. Furacão ainda teve Camacho expulso no início do segundo tempo

Em um dos duelos mais esperados da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Atlético-PR ficaram no empate sem gols. Jogando em casa, na Arena do Grêmio, os comandados de Renato Gaúcho mostraram um ótimo toque de bola e envolveram o adversário no primeiro tempo, porém, esbarraram na ineficiência dos arremates para não conseguirem abrir o placar.

Na segunda etapa, a equipe de Fernando Diniz equilibrou as ações, mas sofreu um baque ao ter Camacho expulso aos 28 minutos. Com um a mais na reta final, o Grêmio pressionou, porém, em uma tarde pouco inspirada nos arremates, não conseguiu marcar.

Com o resultado, o Imortal, que venceu o Cruzeiro na estreia, segue invicto e chega aos quatro pontos, mas perde a oportunidade de conquistar o resultado positivo atuando em seus domínios. Após golear a Chape na rodada inicial, o Furacão também soma quatro pontos e conquista um empate importantíssimo fora de seus domínios contra um dos candidatos ao título da competição. A igualdade entre as equipes foi boa para o Corinthians, que terminará a rodada como líder isolado do Brasileiro.

Na rodada seguinte, o Grêmio viaja para Rio de Janeiro, onde enfrentará o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, às 16h deste sábado, dia 28. Já o Atlético-PR visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, no mesmo horário, mas um dia depois, no domingo.

Primeiro tempo

Como costume das equipes de Fernando Diniz, o Atlético-PR começou ditando o ritmo da partida ao ser dono da posse de bola. O Grêmio, por sua vez, esperava o Furacão em seu campo de defesa, mas pressionava a saída de bola em determinados momentos.

Em um desses períodos de pressão, Lucho González errou passe, a bola caiu para Everton, que tocou para Luan, cara a cara com o goleiro, chutar e carimbar a trave. O rebote sobrou para Ramiro, porém, o volante perdeu ótima oportunidade ao finalizar por cima. A tática gremista dava certo e Everton obrigou Santos fazer boa defesa. O melhor jogador do Campeonato Gaúcho, recebeu na ponta direita, trouxe para o centro e bateu para o arqueiro espalmar.

A partir da segunda metade da etapa inicial, a equipe de Renato Gaúcho começou a envolver o adversário, oferecendo perigo à meta Rubro-Negra em diversas oportunidades. A primeira nasceu de uma tabela entre Maicon e Léo Moura, mas o volante parou em Santos. Mais tarde, Ramiro lançou André, o atacante passou para Luan, que limpou a marcação, mas finalizou sobre a meta.

Nos instantes finais do primeiro tempo, o camisa 7 gremista perdeu outra boa oportunidade. Após saída de bola errada do Furacão, Artur deu passe na medida para o atacante finalizar de bico rente à trave. A equipe de Fernando Diniz não foi párea para o ótimo toque de bola gremista e ficou no lucro ao ir para o intervalo com um empate no placar.

Segundo tempo

Mesmo com o bom primeiro tempo, Renato Gaúcho decidiu mexer na equipe. O meio-campista Alisson entrou no lugar do lateral-direito Léo Moura. Com isso, Ramiro faria a função do veterano ex-Flamengo. A substituição tornou o Grêmio ainda mais ofensivo. Logo aos cinco minutos, Geromel cruzou na cabeça de Everton, que, sozinho, cabeceou para fora.

A primeira chegada de perigo do Furacão aconteceu apenas aos dez minutos da etapa final. Depois de trama ofensiva, Nikão encontrou Guilherme na entrada da área, o atacante dominou e bateu colocado, assustando Marcelo Grohe. A resposta do Imortal veio na sequência, quando Luan recebeu na extremidade direita da área e finalizou cruzado, mas para fora.

Aos 28, quatro minutos depois de receber o primeiro amarelo, Camacho fez falta dura em Luan, recebeu a segunda advertência e foi expulso. Com isso, Renato lançou sua equipe ao ataque, tirando Arthur e colocando Jael. Aos 32, Everton fez lançamento preciso para André, que parou no goleiro Santos.

O Grêmio seguiu pressionando na reta final, enquanto o Atlético-PR buscava escapar no contra-ataque. No entanto, as duas equipes não tiveram êxito em suas táticas e a partida acabou sem gols.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0X0 ATLÉTICO-PR

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de abril de 2018 (domingo)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP)
Cartões Amarelos: Pablo, Camacho e Bruno Guimarães (Atlético-PR). Geromel e André (Grêmio)
Cartões Vermelhos: Camacho (Atlético-PR)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura (Alisson), Geromel, Bressan e Bruno Cortez; Arthur (Jael), Ramiro e Maicon; Luan, Everton e André
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR: Santos; Pavez, Thiago Heleno e Paulo André; Jonathan, Lucho González (Bruno Guimarães), Rosseto e Carleto; Guilherme (Zé Ivaldo), Pablo (Éderson) e Nikão
Técnico: Fernando Diniz

Fox Sports