João Pessoa 24/05/2018 17:48Hs

Início » Esporte » Flu faz 2 a 1 no Santos, vence a terceira seguida e pula para 3º no Brasileiro.

Flu faz 2 a 1 no Santos, vence a terceira seguida e pula para 3º no Brasileiro.

Fred faz o primeiro gol e Lucas Gomes garante a vitória no segundo tempo Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/flu-faz-2-1-no-santos-vence-terceira-seguida-pula-para-3-no-brasileiro-16647860#ixzz3epL6NibQ © 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

fredy marca 1ºFred ergue as mãos aos céus ao abrir o placar no Maracanã – Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Um bom primeiro tempo, um segundo nem tanto, mas uma vitória justa e muito importante para o Fluminense na noite desta quinta-feira, no Maracanã. Ao fazer 2 a 1 sobre o Santos (gols de Fred e Lucas Gomes), o tricolor venceu a terceira seguida no Brasileiro e pulou para a terceira posição, com 20 pontos, apenas dois a menos que o líder Sport.

No domingo, o Fluminense terá um jogo, difícil, contra o São Paulo, no Morumbi, enquanto o Santos receberá o Grêmio, na Vila Belmiro.

Animado com a heroica vitória sobre o Goiás, fora de casa, na rodada anterior, o Fluminense entrou em campo atrás de um triunfo que o levaria ao terceiro lugar da tabela. Com Edson e Jean controlanto a posse de bola no meio-campo, o time de Enderson Moreira tinha uma linha de três meias (Marcos Júnior, Gerson e Wagner) que se movimentavam muito e trocavam de posição para criar jogadas para Fred.

O tricolor dominou o primeiro tempo, praticamente não foi ameaçado pelo Santos em sua defesa, mas eram poucas as chances de gol criadas. Com o passar do tempo, parte da torcida tricolor começava a mostrar alguma impaciência. Principal personagem das notícias extra-campo dos últimos dias nas Laranjeiras, por causa da sua iminente venda para o futebol europeu, Gerson, vindo de atuações apagadas, começou a receber algumas vaias.

Aos 39 minutos, recebeu também um lançamento do zagueiro Antônio Carlos. Dominou no peito, foi ao fundo e cruzou na medida para Fred fazer um belo gol de cabeça. Na comemoração, os jogadores do Fluminense pediam à arquibancada aplausos para Gerson.

De cabeça, Lucas Gomes fez o gol da vitória – Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Com talento do meio-campo para a frente – o experiente Ricardo Oliveira tinha a seu lado as promessas Lucas Lima, Gabriel e Geuvânio – o Santos sabia que não poderia voltar para o segundo tempo da forma apática como jogou até o intervalo. E não demorou a chegar ao empate.

Gabriel recebeu aos oito minutos na ponta direita, passou por três tricolores e deu belo cruzamento para Ricardo Oliveira, em duas tentativas, fazer o gol santista. O jogo ficou equilibrado em termos de posse de bola após o empate, mas foram do Fluminense as duas chances claras de gol.

Primeiro com Fred, aos 25, quando o centroavante tricolor conseguiu o feito de perder o gol quando a bola estava a um metro da linha fatal. Wellington Silva fez boa jogada pela direita, bateu cruzado, e Fred chegou de carrinho, mas jogou a bola no travessão.

Aos 35, enfim, saiu o gol da vitória, em combinação de dois jogadores que haviam sido lançados durante o segundo tempo por Enderson Moreira. Gustavo Scarpa recebeu na meia esquerda e cruzou para cabeçada de Lucas Gomes, que contou com a grande colaboração do goleiro santista Vladimir para fazer 2 a 1. Aos 45, Cavalieri, que ja brilhara na vitória sobre o Goiás, domingo, voltou a salvar o tricolor, em chute colocado de Gabriel.

FLUMINENSE 2 X 1 SANTOS

Local: Maracanã – Rio de Janeiro/RJ

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG) – Fifa

Auxiliares: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Ivan Carlos Bohn (PR)

Público/Renda: 13.002 presentes/R$ 325.100,00

Cartões amarelos: Gerson e Wagner (FLU); Daniel Guedes, Thiago Maia e Werley (SAN)

GOLS: Fred, 41’/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira 8’/2ºT (1-1); Lucas Gomes, 35’/2ºT (2-1)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Marlon, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Gustavo Scarpa, 28’/2ºT), Wagner (Pierre, 37’/2ºT) e Marcos Junior (Lucas Gomes, 17’/2ºT); Fred. Técnico: Enderson Moreira

SANTOS: Vladimir; Daniel Guedes (Caju, 32’/2ºT), Werley, Paulo Ricardo e Victor Ferraz; Thiago Maia, Rafael Longuine (Serginho, 39’/2ºT) e Lucas Lima; Geuvânio (Nilson, 36’/2ºT), Gabigol e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes

  • Torcida do Fluminense no MaracanãFoto: Marcelo Theobald / Agência O Globo

O Globo