João Pessoa 19/06/2018 01:26Hs

Início » Esporte » Inglaterra não fura retranca e pode pegar Portugal

Inglaterra não fura retranca e pode pegar Portugal

Empate por 0 a 0 contra a Eslováquia deixa ingleses na segunda posição do Grupo B da Euro

inglaterraA Inglaterra bem que tentou, mas não conseguiu passar pela retranca que a Eslováquia montou. O empate por 0 a 0 entre as duas seleções pela última rodada do Grupo B, deixa os ingleses na segunda posição da chave, atrás do País de Gales, que venceu a Rússia. Assim, o English Team pode enfrentar Portugal nas oitavas de final.

O segundo lugar do Grupo B pega o segundo lugar do Grupo F, onde Portugal está na terceira posição com dois pontos e enfrenta a Hungria nesta quarta-feira. Lusos e ingleses tem um histórico de grandes duelos em Euros e Copas, como na Euro 2004 e no Mundial de 2006, quando Portugal eliminou a Inglaterra nas quartas de final nos pênaltis. Com quatro pontos, a Eslováquia pode ainda se classificar como um dos terceiros melhores colocados.

ANÁLISE DO REPÓRTER DO PORTAL DA BAND

A Inglaterra veio para a partida decisiva com seis alterações no time titular. As principais novidades foram as entradas de Vardy e Sturridge. O English Team foi bem na primeira etapa, teve mais volume de jogo e as melhores oportunidades de gol, mas pararam no goleiro Kozácik, que fez ao menos duas grandes defesas. O panorama não mudou muito na segunda etapa. Skrtel chegou a salvar uma bola em cima da linha, mas os ingleses também não conseguiram criar muitas oportunidades de gol. A Eslováquia decepcionou, já que também precisava da vitória para garantir a classificação, mas respeitou demais a Inglaterra e assustou pouco o gol de Hart. O empate pode colocar a Inglaterra diante de Portugal na próxima fase.

O CRAQUE

Kozácik – Diante da grande superioridade da Inglaterra na partida, o goleiro da Eslováquia foi o grande responsável por impedir a derrota de seu time. Fez ao menos duas grandes defesas, uma cara a cara com Vardy, e outra em um chute forte de Lallana. Não fosse ele, certamente o resultado teria sido outro.

O PERNA DE PAU

Sturridge – Foi uma das seis alterações de Roy Hodgson para o começo da partida da Inglaterra. Ganhou a chance por ter entrado bem nos outros jogos, mas quando começou entre os 11 não foi feliz. Não mostrou a mesma velocidade, nem o oportunismo. Ficou escondido em campo e não ajudou muito sua equipe. Deve voltar para o banco na segunda fase.

Band