João Pessoa 24/05/2018 11:59Hs

Início » Esporte » Jogadores elegem Muller como o pior comentarista da TV

Jogadores elegem Muller como o pior comentarista da TV

1344375958578-futebol-brasil
O ex-jogador Muller, atualmente no canal Sportv, foi eleito, com sobras, o pior comentarista do Brasil em pesquisa feita pelo

UOL Esporte

com 100 jogadores de 15 equipes do país. O ex-atacante da seleção brasileira teve 35% dos votos, quase o triplo do segundo colocado, Neto, da TV Bandeirantes, que ficou com 12%. Na terceira colocação ficou Paulo César Vasconcelos, do Sportv, com 9%.
Casagrande, da TV Globo, com 6%, foi o quarto. Renato Maurício Prado, da Fox Sports, teve 3%. Edmundo, da Band, Bob Farias e Roger Flores, do Sportv, tiveram 2%. Maurício Noriega, do Sportv, Paulo Vinícius Coelho, da ESPN, e o CQC, da Band, tiveram 1%.

Sob anonimato, atletas de São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Grêmio, Internacional, Figueirense, Goiás e Vitória votaram em 13 quesitos, que serão publicados ao longo dos próximos dias em uma série com dez edições.

Na última quinta-feira, o UOL Esporte mostrou qual é a dupla perfeita para a transmissão de um jogo de futebol na opinião dos jogadores.

Milton Leite foi eleito o melhor narrador, com 25% dos votos. Superou por pouco o companheiro global Cleber Machado, que teve 23%. Outro nome da emissora ficou na terceira colocação: Galvão Bueno, com 18%. Luiz Roberto, outro da Globo, foi o quarto, com 15%.

Luiz Carlos Junior, do Sportv, teve 7%. Pedro Ernesto Denardim, da Rádio Gaúcha, teve 2%, um a mais do que o uruguaio Alberto Kesman.

Como comentarista, Caio Ribeiro deu uma lavada na concorrência e foi escolhido o melhor com 49%. O ex-jogador Junior teve 16%. Completando o pódio global, Casagrande ficou em terceiro, com 9%. Lédio Carmona, do Sportv, teve 7%. Rafael Rezende, do Sportv, e Paulo Vinícius Coelho, da ESPN, tiveram 4%. Mauro Beting, da Bandeirantes, teve 1%.

Abel Braga, do Fluminense, foi o preferido entre os jogadores brasileiro como o melhor treinador de 2012. Ele venceu com 38% dos votos.

Muricy Ramalho, do Santos, foi o preferido de 19% dos entrevistados. Vanderlei Luxemburgo, do Grêmio, teve 9%, um a mais do que Tite, do Corinthians.

Na quinta colocação, uma surpresa entre os boleiros brasileiros: Pep Guardiola, ex-Barcelona e agora desempregado, com 6%.

Na mesma pesquisa, Neymar foi eleito o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro, com 89% dos votos.

Já Fred foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. Artilheiro da competição com 20 gols marcados, o atacante do Fluminense recebeu 27% dos votos, seguido muito de perto por Ronaldinho Gaúcho, com 23% e Neymar, com 19%.

Explica-se: o jogador do Santos participou apenas de 17 partidas das 38 da equipe no campeonato, e por isso não foi escolhido, apesar de ser o melhor do país na opinião dos companheiros.

Além dos três, também foram lembrados Juninho Pernambucano (8%), Diego Cavalieri (6%), Bernard (4%), Wellington Nem (3%), Lucas (2%), Paulinho (2%) e Seedorf (2%). Outros atletas juntos somaram 4%.

Uol