João Pessoa 25/06/2018 15:32Hs

Início » Esporte » Luxemburgo valoriza vitória do Flamengo e ressalta as virtudes do time

Luxemburgo valoriza vitória do Flamengo e ressalta as virtudes do time

Técnico agora volta suas atenções para o clássico contra o Vasco, mas não confirma mudanças na equipe

flamengo luxaLuxemburgo elogiou a atuação rubro-negra e agora volta as suas atenções para o clássico

Às vésperas do aguardado clássico com o Vasco, minar a confiança de time e torcida não seria das atitudes mais recomendáveis. E por este motivo, a vitória sobre o Brasil de Pelotas, no Maracanã, foi bem recebida pelos rubro-negros. Ainda que sem uma atuação de encher os olhos. E, possivelmente, o clássico tenha influenciado também o discurso do técnico Vanderlei Luxemburgo. Ele valorizou ao máximo o resultado e ressaltou as virtudes que viu no time.

Sempre que perguntado sobre o jogo contra o Vasco, no entanto, o treinador mediu palavras e foi cauteloso. Driblou qualquer possibilidade de dar pistas sobre escalação ou sobre a recuperação de jogadores que estavam no departamento médico. Éverton e Arthur Maia já trabalhavam no campo antes do jogo da última quarta-feira. Deverão ter condições de jogo. Mas Luxemburgo preferiu evitar o tema. Assim como não achou conveniente especular em torno da possível entrada de Paulinho por mais tempo.

– Vou pensar. Tenho tempo. Vou continuar pensando – brincou o técnico.

O Flamengo que enfrentará o Vasco deverá ser anunciado pouco antes do jogo, salvo uma surpresa. Quanto à avaliação do jogo contra o Brasil, Vanderlei disse ter visto um comportamento bom do time. E usou a característica da Copa do Brasil para justificar seu discurso.

– É um torneio eliminatório. Não era Estadual ou um Brasileiro de 38 jogos. Então, jogamos para garantir a vaga, para passar de fase. Isto quer dizer que colocamos o time para a frente, mas sem abrir mão de cuidados. Não era possível arriscar. O time foi bem nestes aspectos. E esta história de que o Flamengo precisa ganhar de cinco todo jogo, não é assim – afirmou.

As estatísticas também foram usadas pelo treinador. O alto índice de posse de bola do Flamengo serviu para Luxemburgo contrapor as teses de que o time cometeu muitos erros de passe e não conseguiu controlar o rival.

– Tivemos 70% de posse de bola. Ninguém consegue ter tanta posse de bola errando muitos passes. E fizemos mais de 290 passes certos. O Flamengo fez uma boa partida, consciente. Jogou para passar de fase – disse.

O Globo