João Pessoa 14/08/2018 08:41Hs

Início » Esporte » Moisés elogia Lucas Lima e se dispõe a atuar em qualquer função em 2018

Moisés elogia Lucas Lima e se dispõe a atuar em qualquer função em 2018

durante trofeu Mesa Redonda,no auditorio da TV Gazeta,em Sao Paulo,SP 05/12/2017 Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Presente na 14ª edição do Troféu Mesa Redonda, gravado na noite desta terça-feira, na Fundação Cásper Líbero, Moisés deixou de lado o passado provocador de Lucas Lima com o Palmeiras. Em entrevista à Gazeta Esportiva, o meia teceu elogios ao novo companheiro, falou sobre seu posicionamento em campo para 2018 e preferiu não palpitar sobre o número que será usado pelo ex-santista.

“Jogador de muita qualidade. Quando estava no Santos defendia as cores, por isso falou algumas situações. Será muito bem recebido e tenho certeza de que irá nos ajudar”, disse o camisa 10, que preferiu não responder sobre o número que será utilizado por Lucas Lima.

Moisés deverá jogar mais recuado na próxima temporada (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Ao contrário da campanha do título brasileiro de 2016, quando Moisés foi frequentemente usado por Cuca como segundo volante ao lado de Tchê Tchê – e com Cleiton Xavier armando a equipe -, neste ano o palmeirense foi o responsável pela criação e jogadas do Verdão. Para 2018, o camisa 10 não se preocupa em que posição poderá ser utilizado em virtude da chegada de Lucas Lima.

“Não é problema nenhum a chegada do Lucas Lima. Eu jogo em todas as funções do meio-campo então isso a gente vai deixar a critério do Roger escolher a posição, quais serão os atletas titulares. A nós só cabe trabalhar”, completou.

Além de Lucas Lima, o zagueiro Emerson Santos (Botafogo) e o lateral esquerdo Diogo Barbosa (Cruzeiro) já foram contratados. O goleiro Weverton (Atlético-PR) pode ser anunciado em breve.

Derrotado pelo Atlético-PR em Curitiba na tarde de domingo, o Palmeiras encerrou o Campeonato Brasileiro com 63 pontos ganhos, nove atrás do campeão Corinthians. Da CBF, como premiação pela performance no torneio nacional, receberá R$ 11,3 milhões.

Gazeta Esportiva