João Pessoa 24/06/2018 08:45Hs

Início » Esporte » Náutico vence a primeira fora de casa e entra no G4

Náutico vence a primeira fora de casa e entra no G4

De virada e com dois gols de Jefferson Nem, Timbu derrotou o Paysandu por 3x1

náutico vence paysanduTimbu aumentou ainda mais a crise do Papão, que caiu para o Z4 da Segundona

A tão aguardada vitória fora de casa, enfim, aconteceu para o Náutico. Diante do Paysandu, no estádio da Curuzu, em Belém do Pará, o Alvirrubro venceu por 3×1 de virada. Os gols foram anotados por Jefferson Nem, o destaque da partida que marcou dois, e Maylson, enquanto Lucas assinalou o de honra dos donos da casa. Como prêmio pelo triunfo como visitante, o Timbu entrou no G4 com 13 pontos e tem a chance de se consolidar no pelotão da frente na próxima rodada, ao enfrentar o Paraná, na Arena Pernambuco, sábado, às 16h. O Papão, por sua vez, está na zona de rebaixamento com cinco pontos e, em crise, pegará o Bragantino, no Nabi Abi Chedid.

Um gol sofrido no início da partida destrói qualquer planejamento armado pelo treinador. Alexandre Gallo alertou sobre o abafa do Paysandu no começo, mas o recado não foi compreendido pelos seus jogadores. Logo aos 40 segundos, após falta cobrada na área, o goleiro Júlio César falhou e Lucas apareceu livre para empurrar a bola no fundo das redes. O Náutico teve de se reinventar em campo e passou a propor o jogo. Por incrível que pareça, rendeu mais enquanto esteve atrás do placar.

Minutos depois, Taiberson perdeu uma chance inacreditável na cara do goleiro Marcão. O atacante tentou mandar por cobertura, mas a bola saiu. Na sequência, Jefferson Nem, num arremate cruzado, e Bergson, com uma cabeçada, desperdiçaram outras boas oportunidades.

Apenas na quarta tentativa o Timbu chegou ao empate. Mateus Muller cruzou, Bergson deu o corta-luz e Maylson finalizou para o gol. Com o 1×1 no marcador, o confronto ficou equilibrado. Júlio César se redimiu da falha e evitou o segundo tento do Papão no chute de Celsinho. Em seguida, Mateus Muller acertou a trave esquerda do arqueiro paraense.

Na volta do intervalo, o Náutico respondeu na mesma moeda com um gol no início. Em apenas nove segundos, Jefferson Nem aproveitou a bobeira de Domingues e anotou o tento da virada alvirrubra. Em vantagem, o duelo ficou ideal para a forma como gosta de atuar o time de Alexandre Gallo: no contra-ataque. Para complicar a vida do Paysandu, Ricardo Capanema foi expulso pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden pelas insistentes reclamações.

Caminho aberto para a vitória do Timbu. Aos 23 minutos, Jefferson Nem passou com facilidade pela defesa e mandou no canto esquerdo de Marcão para marcar um golaço. A torcida paraense estava impaciente e passou a pressionar ainda mais o time da casa. Já com o zagueiro Léo Pereira em campo na vaga de Renan Oliveira, os alvirrubros desaceleraram a partida e deixaram o tempo correr até o apito final do árbitro.

Ficha do jogo
Paysandu 1

Marcão; Edson Ratinho, Domingues, Pablo e Lucas; Ricardo Capanema, Hiltinho (Betinho), Rafael Costa (Jhonnatan), Celsinho (Raphael Luz) e Fabinho Alves; Alexandro. Técnico: Dado Cavalcanti.
Náutico 3
Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller (Eurico); Gastón, Maylson e Renan Oliveira (Léo Pereira); Taiberson, Bergson (Tiago Adan) e Jefferson Nem. Técnico: Alexandre Gallo.

Local: Estádio da Curuzu (Belém/PA)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Flávio Gomes Barroca e Jean Márcio dos Santos (Ambos do RN).
Gols: Lucas (aos 43 segundos do 1ºT) e Maylson (aos 25 do 1ºT); Jefferson Nem (aos 9 segundos e 23 do 2ºT)
Cartões amarelos: Ricardo Capanema (Paysandu); Mateus Muller e Gastón (Náutico)
Cartão vermelho: Ricardo Capanema (Paysandu)
Público e Renda: Não divulgados.

Folha de Pernambuco