João Pessoa 26/05/2018 12:11Hs

Início » Esporte » Saída de medalhões abre espaço para Carlos Alberto retomar papel de líder

Saída de medalhões abre espaço para Carlos Alberto retomar papel de líder

201212240905360000001151Com participação discreta em 2012, jogador é confirmado por René Simões, que diz acreditar em sua qualidade

Carlos Alberto foi reintegrado ao elenco, em março, no momento em que o Vasco estava recheado de referências e com o time titular montado. Assim, não se firmou e foi mais uma entre as opções do elenco. Mas 2012 termina com a saída dos ídolos Juninho e Felipe, além dos medalhões Fernando Prass, Alecsandro e Nilton. Num elenco recheado de caras novas, o meia de 28 anos poderá exercer novamente o papel de um dos líderes do grupo. Dessa forma, existe em São Januário a expectativa que o jogador retome uma função semelhante à que tinha quando foi contratado, em 2009, para a disputa da Série B.

Ao longo da última temporada, Carlos Alberto não conseguiu uma sequência de jogos e atuou noventa minutos em apenas cinco das 35 partidas que disputou. Por enquanto, no Vasco ainda não se fala em negociar o jogador, que tem contrato até agosto. Em recente conversa com René Simões, ele foi confirmado na pré-temporada que se inicia em 3 de janeiro.

O diretor executivo garantiu que o Vasco pretende contar com os serviços de Carlos Alberto, com quem trabalhou no Bahia, e se mostra confiante na retomada da boa forma.

– O clube quer contar com ele. É um jogador que vem trabalhando muito, quer continuar. O Carlos Alberto tem nível de seleção brasileira, se conseguir uma sequência – disse René, em entrevista à Rádio Globo.

Dessa forma, o único impasse pode ser o salário do jogador, que é considerado acima do novo teto estabelecido pela diretoria. René Simões afirmou ter conversado sobre o assunto e disse que Carlos Alberto entendeu a situação.

– Disse ao Carlos Alberto que quando tivermos um problema, vou deixar de pagar seu salário. Ele entendeu. Tenho certeza de que mesmo assim ele vai trabalhar muito. Contamos que ele vai ter paciência com essa questão do pagamento. O Vasco não quer prescindir do Carlos Alberto, mas nesse momento não tem os recursos – afirmou René em relação ao jogador, que não foi contemplado com o pagamento de salários a uma parte do elenco.

GloboEsporte