João Pessoa 16/07/2018 20:12Hs

Início » Esporte » Santa Cruz já começa a pensar em reforços para 2016

Santa Cruz já começa a pensar em reforços para 2016

Segundo o vice-presidente Constantino Júnior, tricolores têm planejamento traçado.

santa cruz recife“Queremos começar o campeonato forte, brigando pelas primeiras colocações. Lógico que, após a Copa do Nordeste, vamos buscar dois ou três jogadores para a Série A, mas não vamos fazer nada fora da nossa realidade financeira”, disse o cartola.

O ano ainda não acabou, mas o Santa Cruz já está pensando no próximo. Com o acesso à primeira divisão garantido com uma rodada de antecedência, a diretoria do clube coral já começa a planejar a qualificação do elenco para a temporada 2016.

De acordo com o vice-presidente Constantino Júnior, o Santa Cruz já está observando jogadores, mas não revelou nomes. “Nós, que trabalhamos com o futebol, sempre temos que estar observando o mercado. Já estamos analisando alguns jogadores há um tempo, para saber quais podemos trazer ou não. Sabemos que temos uma restrição orçamentária, então, tudo tem que estar bem alinhado com a comissão técnica”, disse o dirigente.

De acordo com Constantino, o interesse da diretoria e da comissão técnica do Santa Cruz é reforçar a equipe, porém, mantendo a base deste ano. O objetivo é montar um time competitivo para vencer o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste, além de não fazer feio na primeira divisão.

“Queremos começar o campeonato forte, brigando pelas primeiras colocações. Lógico que, após a Copa do Nordeste, vamos buscar dois ou três jogadores para a Série A, mas não vamos fazer nada fora da nossa realidade financeira. Vamos manter a política de ‘pés no chão’ e continuar trilhando o nosso rumo”, complementou.

Atualmente, o técnico Marcelo Martelotte conta com 36 jogadores em seu elenco, sendo oito pratas da casa. No próximo ano, no entanto, o tricolor do Arruda disputará quatro competições – Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Brasileirão –, podendo chegar a cinco, já que ainda há a possibilidade de disputar a Sul-Americana, dependendo do desfecho da Série A deste ano e da próxima Copa do Brasil (ver matéria abaixo). Em 2015, foram só duas disputas: Estadual e Série B.

Com tantos campeonatos na temporada, o vice-presidente alertou da necessidade de contar com um elenco maior, mas que mantenha a qualidade e o nível técnico. “Para estar na Série A, é preciso se adequar ao nível do campeonato. Estamos mapeando uma quantidade grande de atletas, tanto na Série A, quanto na B. A gente sabe que, financeiramente, não podemos competir com os grandes clubes da primeira divisão, então, temos que dar o tiro certo”, justificou.

Quanto à renovação e saída de jogadores, Constantino afirmou que ainda não está pensando nisso. “Ainda não é o momento para pensar nessas coisas. Neste fim de semana temos o jogo contra o Vitória, que é importante para o grupo e para a nossa torcida. Quando o campeonato acabar, aí sim, vamos nos preocupar com isso”, finalizou.

INGRESSOS

Os ingressos para a partida contra o Vitória, no sábado, às 16h30, no Arruda, já estão sendo vendidos. O anel inferior custa R$ 60, enquanto o superior sai a R$ 30, assim como os bilhetes para sócios.

JC Online