João Pessoa 17/08/2018 01:32Hs

Início » Esporte » Santos quer negociar jogadores preteridos na Libertadores

Santos quer negociar jogadores preteridos na Libertadores

Cléber foi preterido por Robson Bambu no Santos (Foto: Ivan Storti/SFC

Quatro dos jogadores não inscritos pelo Santos para a primeira fase da Libertadores da América estão disponíveis no mercado: o zagueiro Cleber Reis, o lateral-esquerdo Romário, o volante Leandro Donizete e o meia Rafael Longuine.

O Peixe espera fazer negócio com o quarteto nas próximas semanas. Com Cleber, Romário e Longuine, a intenção é emprestar. No caso de Leandro Donizete, há a esperança de uma transação em definitivo. Veja a situação de cada um abaixo.

Cleber

O zagueiro de 27 anos, contratado por pouco mais de R$ 7 milhões em 2017 junto ao Hamburgo-ALE, foi preterido por Robson Bambu, defensor das categorias de base recém-promovido ao elenco profissional. Bambu levou a melhor pela capacidade de atuar como lateral-direito.

Cleber está em fase final de recuperação de lesão muscular na coxa direita. O zagueiro recebe alto salário e foi alvo de interesse do Vasco no começo da temporada.

Romário

Treinamentos e os dois primeiros jogos do Campeonato Paulista – contra Linense e Bragantino -, foram suficientes para Jair Ventura não contar mais com o lateral-esquerdo, contratado sem o aval do técnico, ainda na gestão do ex-presidente Modesto Roma.

Romário não vem sendo relacionado para as partidas do Paulistão e hoje, na teoria, é a terceira opção para a lateral esquerda, mas, na prática, pode ser a quinta. Dodô e Caju são alas de origem. Jean Mota e Copete podem desempenhar bem a função.

Leandro Donizete

O Santos não vê a hora de se desfazer do volante de 35 anos, que recebe cerca de R$ 300 mil por mês e tem contrato até o fim de 2019. O empresário ofereceu o atleta para Atlético-MG e Coritiba, mas as negociações ainda não evoluíram.

Donizete não foi inscrito no Paulista e muito menos na Libertadores. Ele apenas treina no CT Rei Pelé desde o começo da temporada. Sua última partida foi no dia 20 de setembro de 2017, na derrota por 1 a 0 para o Barcelona de Guayaquil e eliminação nas quartas de final da Libertadores.

Rafael Longuine

O meia também não está nos planos de Jair e deve ser novamente emprestado. O problema é que ele espera por uma proposta da Série A do Campeonato Brasileiro e não se empolgou com a procura de clubes da segunda divisão.

A última partida do meio-campista foi pelo Coritiba, no segundo tempo da vitória por 4 a 0 sobre o Avaí, no dia 4 de novembro. Seu contrato vai até o fim de 2020.

Gazeta Esportiva