João Pessoa 25/06/2018 17:51Hs

Início » Esporte » São Paulo planeja reforçar base com joias da América do Sul em 2016

São Paulo planeja reforçar base com joias da América do Sul em 2016

Depois de garimpar talentos em times brasileiros, meta para fortalecer as equipes inferiores passa pelos países vizinhos; Gerente-executivo de Cotia encabeça o projeto

liancoApós cortar profissionais de comissão técnica e atletas no fim do ano passado, a gestão do CFA Laudo Natel, em Cotia, implantará nova filosofia no São Paulo em 2016. A ideia do departamento de futebol de base do Tricolor é reforçar as equipes inferiores com jovens promessas sul-americanas antes do início da próxima temporada.

A prática já vem acontecendo desde novembro do ano passado com revelações de clubes do Brasil – o goleiro Carlinhos (Portuguesa), o zagueiro Lyanco (Botafogo), o meia Shaylon (Chapecoense) e o atacante Jean Patric (Grêmio Osasco) foram alguns dos contratados para times da base.

Um dos idealizadores do projeto é o gerente-executivo Júnior Chávare, que aposta na experiência e nos contatos adquiridos nos tempos de observador de atletas da Juventus (ITA) para garimpar talentos. O dirigente considera o mercado sul-americano pouco aproveitado pelos clubes brasileiros e uma alternativa para que os atletas do São Paulo aprendam novas culturas, dentro e fora das quatro linhas.

A medida também deve amenizar a lacuna deixada pela geração de 1996. Com Lucão, Auro, Boschilia e Ewandro no elenco profissional, o time sub-20 do Tricolor ficou enfraquecido nesta temporada, obrigando a diretoria a optar por usar atletas do sub-18 como espinha dorsal na Copa São Paulo e no Brasileirão Sub-20.

Recentemente, os rivais Corinthians e Palmeiras também voltaram as atenções para o mercado sul-americano para procurar joias. Os alvinegros contrataram o paraguaio Gustavo Viera, já integrado ao elenco profissional, enquanto os alviverdes fecharam com o chileno Francisco Arancibia, que atua pelo sub-20.

Lancenet