João Pessoa 21/05/2018 05:12Hs

Início » Esporte » Sem Neymar, PSG supera o Lille e encerra sequência de derrotas

Sem Neymar, PSG supera o Lille e encerra sequência de derrotas

O Paris Saint-Germain não contou com Neymar, mas não teve problemas para superar o Lille, em casa, neste sábado. Pela 17ª rodada do Campeonato Francês, o clube da capital fez 3 a 1, sem grandes problemas. Os argentinos Di María e Pastore, além de Mbappé, balançaram as redes para os vencedores, enquanto El-Ghazi diminuiu.

O triunfo encerrou a série de duas derrotas do time de Unai Emery, que havia caído para Strasbourg e Bayern na sequência. Agora, o primeiro colocado tem 44 pontos no torneio, com grande folga na ponta. O Lille, com 18, corre risco de voltar à degola no fim de semana.

Na próxima rodada, o PSG visita o Rennes, no sábado. Antes disso, entra em campo na quarta-feira, pela Copa da Liga Francesa, diante do Strasbourg, único clube que bateu os líderes no Francês. O Lille, por sua vez, recebe o Nice pela competição mata-mata e, também no sábado, encara o Dijon, fora, pelo Nacional.

O jogo – Desde o início, os mandantes fizeram valer a maior qualidade, mesmo com desfalques. Ainda assim, pecavam muito nas finalizações. Aos 6, com Daniel Alves, e aos 15, com Rabiot, chances foram perdidas com arremates ruins.

Porém, com alto índice de posse de bola e se aproximando cada vez mais da área, o gol não demorou a sair. Aos 27, Mbappé recebeu, em impedimento, cruzou e Di María cabeceou para as redes: 1 a 0.

Ainda antes do intervalo, o PSG chegou, novamente com Mbappé, mas não ampliou a vantagem. A joia francesa abriu espaço e finalizou firme, mas a bola acabou na rede pelo lado de fora. Assim, os times foram para o vestiário com o placar mínimo.

Logo na primeira chance do segundo tempo, porém, a vantagem aumentou. Em boa triangulação, Di María acionou Pastore. O meia, na cara do gol, bateu com firmeza, no alto, superando o goleiro Maignan.

Com um adversário batido em campo, bastou aos líderes administrarem a margem de dois gols. Por isso, o jogo caiu de ritmo. Ainda assim, aos 27, quase veio o terceiro, com Mbappé acertando chute na trave do Lille.

Nos minutos finais, a intensidade da partida seguiu baixa, sem nenhum dos times forçar muito em busca do gol. Ainda assim, os visitantes diminuíram, aos 40. El-Ghazi recebeu na área e finalizou bem, sem chance para Aréola.

No desespero para tentar empatar, o Lille se lançou com todos os jogadores para o ataque. Em escanteio já nos acréscimos, até o goleiro Maignan foi para a área. Porém, a defesa parisiense conseguiu cortar e, em rápida arrancada, Mbappé saiu sozinho, sem goleiro e só empurrou para as redes, dando números finais ao jogo: 3 a 1.

Gazeta Esportiva