João Pessoa 20/06/2018 14:46Hs

Início » Esporte » Sete pontos do Hepta! Os motivos que levaram o Corinthians ao título brasileiro

Sete pontos do Hepta! Os motivos que levaram o Corinthians ao título brasileiro

FOXSports.com.br aponta sete fatos que podem explicar por que o time de Parque São Jorge conquistou mais um título brasileiro

Manutenção do elenco

Campeão paulista com méritos, mas com um elenco enxuto, o Corinthians fez valer a força do elenco e o pedido do técnico Fabio Carille na metade do ano: ‘Não me tragam reforços, mas não me tirem nenhum atleta’. A diretoria acatou o pedido do treinador, segurou nomes como Guilherme Arana, Jô e Rodriguinho e foi premiado com a manutenção de uma campanha sólida e praticamente irretocável.

Filosofia de jogo

Ninguém no Brasil conquistou tantos títulos como o Corinthians de 2008 até o momento. Curiosamente, de lá para cá, o Timão adotou uma filosofia própria de jogo. Mano Menezes começou o trabalho ainda na Série B. Após o gaúcho, outro nome que entraria para a história do clube, Tite, elevou o nível do trabalho e fez valer a estrutura de jogo criada por uma comissão técnica para conquistar títulos como o da Libertadores e do Mundial de Clubes. Com uma defesa sólida, triangulações e um time letal nas finalizações, o Corinthians mantém um histórico recente de títulos.

Primeiro turno

Com 47 pontos e sem nenhuma derrota, o Corinthians fechou o primeiro turno com a melhor campanha da história em Brasileirões de pontos corridos e com 20 clubes. Foram 14 vitórias e cinco empates, algo nunca visto antes na competição. Foram também apenas 9 gols sofridos em 19 rodadas. A campanha serviu para o Corinthians abrir uma média de oito pontos para o segundo colocado, tornando o campeonato mais fácil, principalmente no que diz respeito à liderança e classificação.

Defesa sólida

É quase impossível falar em Corinthians e não citar o sistema defensivo. A base formada por Fagner, Balbuena, Pablo (Pedro Henrique) e Guilherme Arana foi a cara desse time ao longo das rodadas disputadas neste Brasileirão. Foram apenas 24 gols sofridos até o momento, a melhor defesa da competição até o momento. Principalmente no primeiro turno, a ‘arte de não sofrer gols’ foi fundamental para o Corinthians sair de campo com o título.

Clássico contra o Palmeiras

Eram cinco pontos de diferença de um para o outro. Após uma queda de rendimento do Corinthians e um crescimento do Palmeiras, um clássico colocou os dois times frente à frente, em Itaquera. Em uma partida histórica, o Timão voltou a mostrar o bom futebol do primeiro turno, conseguiu uma vitória por 3 a 2, contestada pelos palmeirenses em relação à arbitragem, mas que praticamente sacramentou a sequência da campanha até o título.

Torcida

A Fiel torcida do Corinthians andou de mãos dadas com o time do início do Brasileirão até o apito final da vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense. O ponto-chave aconteceu antes do clássico contra o Palmeiras. Em treino aberto, em Itaquera, no dia anterior à partida, a torcida lotou Itaquera com mais de 32 mil pessoas e fez uma festa motivacional impressionante, semelhante a uma festa de título.

Virada inédita

Apesar da grande campanha de campeão, o Corinthians nunca havia vencido sequer uma partida de virada na atual competição. Quis o destino que a primeira vitória de virada acontecesse justamente na partida do título. Após sair atrás no marcador do Fluminense, o Corinthians contou com dois gols de Jô, uma intensidade de campeão, e um gol de Jadson, para vencer por 3 a 1 e sair da Arena Corinthians com o hepta em mãos.

Fox Sports