João Pessoa 25/06/2018 11:19Hs

Início » Esporte » Sob olhar de Zé Roberto, Lusa bate Palmeiras nos penais e vai à semi

Sob olhar de Zé Roberto, Lusa bate Palmeiras nos penais e vai à semi

Portuguesa avançou à semifinal da Copinha com vitória nos penais sobre o Palmeiras (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O ex-lateral esquerdo Zé Roberto viu dois dos principais clubes de sua longa carreira em ação na noite desta sexta-feira. No Estádio do Pacaembu, com o ídolo na plateia, a Portuguesa ganhou do Palmeiras nos pênaltis por 3 a 2 após empate por 1 a 1 no tempo normal e garantiu presença na semifinal da Copa São Paulo.

Na próxima fase, a Portuguesa enfrenta o ganhador do confronto entre Avaí e Flamengo, que se enfrentam nesta sexta-feira, na Arena Barueri. A Lusa é bicampeã da Copinha, enquanto o Palmeiras, que tem Zé Roberto como integrante do departamento de futebol, segue em jejum no torneio.

Com sua torcida presente em número significativo ao Pacaembu, a Portuguesa assustou logo no começo do primeiro tempo. Em uma jogada pelo lado direito da grande área, David chutou para defesa do goleiro Anderson, que soube como diminuir o ângulo do adversário.

O Palmeiras cresceu no jogo e passou a dominar as ações. Após cruzamento de Papagaio pela esquerda, Fernando cabeceou com perigo. Do outro lado do ataque, Mailton recebeu passe de Yan e, livre de marcação, bateu para defesa do goleiro Matheus.

Em função de uma queda de energia no Estádio do Pacaembu, o jogo ficou paralisado por aproximadamente 20 minutos. Aos 43, Thawan pegou a sobra após lançamento, invadiu a área e foi puxado por Iago. Na cobrança, o próprio Thawan abriu o placar para a Portuguesa.

O Palmeiras quase empatou no começo do segundo tempo, com dois jogadores colocados no intervalo pelo técnico Wesley Carvalho. Léo Passos avançou pela esquerda e tocou para Alanzinho. O meia chutou de bico para defesa do goleiro Matheus.

Disposto a buscar a igualdade no marcador, o Palmeiras pressionou e finalmente marcou aos 30 minutos do segundo tempo. Fernando recebeu belo passe de Léo Passos e bateu para defesa parcial de Matheus. No rebote, o pequenino Yan usou a cabeça para definir o placar do tempo normal.

O último ataque consistente do tempo normal foi do Palmeiras. Após cruzamento vindo da direita, Fernando ajeitou para finalização perigosa de Léo Passos. Nos instantes finais, ao matar jogada promissora com falta em Fernando, Brunetti acabou expulso.

Com o empate, a vaga acabou decidida nos pênaltis. Pelo Palmeiras, apenas José Aldo e Johnny converteram. Alanzinho, Léo Passos e Yan desperdiçaram. Pela Portuguesa, Bahia, Caique Felix e Marques converteram. Matheus França desperdiçou. Assim, o time rubro-verde ganhou por 3 a 2 e avançou.