João Pessoa 19/08/2018 17:47Hs

Início » Esporte » Sport vacila no final e empata na Ilha do Retiro

Sport vacila no final e empata na Ilha do Retiro

Rubro-Negro ficou no 2x2 com o River/PI

sporteNuma noite de lindas homenagens ao eterno ídolo Leonardo na Ilha do Retiro, o Sport não conseguiu presentear os seus torcedores e apenas empatou com River/PI, por 2×2, e perdeu a chance de sacramentar a classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste. Com oito pontos, o Leão ainda possui três de vantagem sobre o segundo colocado, faltando apenas duas rodadas. Fora de campo, lances no telão, faixas e camisas homenageando o ídolo rubro-negro, que faleceu na última terça-feira.

(Foto: Anderson Stevens/FolhaPE)

Neto Moura marcou um dos gols da partida

A emoção da despedida e das homenagens para Leonardo parece ter mexido com o time leonino. Aos 45 segundos, sem sequer tocar na bola e com os torcedores ainda chegando ao estádio, os mandantes viram os visitantes abrirem o placar. Em descida pela direita, Toti cruzou para André Beleza dominar e chutar sem chance para Danilo Fernandes: 1×0.
Sem o atacante Túlio de Melo, estranhamente o Leão continuava apostando nas jogadas aéreas, sem sucesso. Apostar mais em jogadas pelo meio, já que possui homens com boa finalização de fora, era uma das alternativas de Paulo Roberto Falcão. E foi assim que nasceu o gol de empate. Numa bela tabela, Neto Moura acertou uma bomba de fora e deixou tudo igual, para a festa na Ilha do Retiro.
Na segunda etapa, o Sport não parecia decidido a matar a partida e encaminhar a classificação para as quartas final, demorando a engrenar. Mesmo controlando a posse de bola e empurrando o adversário ao campo de defesa, os mandantes não conseguiam criar chances reais. Porém, bastou um lance criativo para desmontar o esquema piauiense.
Aos 22, em cobrança do pênalti, Reinaldo Lenis teve categoria para “tirar o goleiro da foto” e virar a partida. Com o colombiano vestindo a camisa 7, a mesma utilizada por Leonardo, foi inevitável e emocionante os gritos que ecoavam das arquibancadas: “Ah, é Leonardo!”. Mas o castigo pela retranca de Falcão veio nos descontos, com Paulo Paraíba decretando o empate final.

Ficha do jogo
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Serginho, Luiz Antônio (Henriquez), Neto Moura; Reinaldo Lenis e Everton Felipe (Fábio); Wallace (Ronaldo). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Ríver/PI 2

Naylson; Toti, Paulo Paraíba, Rafael Araújo e Jádson (Marquinhos); Amarildo, Rogério, André Beleza e Esquerdinha (Thiago Silva); Thiago Dias (Fabinho) e Vanderlei. Técnico: Capitão.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Árbitro: Gleidson Santos Oliveira (BA). Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim e Jucimar dos Santos Dias (Ambos da Bahia). Gols: André Beleza (aos 45 segundos do 1ºT) e Neto Moura (aos 34 do 2ºT). Lenis (aos 22 do 2ºT) e Paulo Paraíba (aos 48 do 2ºT). Cartões amarelos: Matheus Ferraz, Serginho e Lenis (Sport) e Thiago Dias e Rafael Araújo (River). Público: 6.945. Renda: 95.581, 34.

Folha de Pernambuco