João Pessoa 20/06/2018 05:23Hs

Início » Esporte » Vasco sai atrás, vê Martín Silva pegar pênalti e bate o CRB de virada

Vasco sai atrás, vê Martín Silva pegar pênalti e bate o CRB de virada

Em Maceió, no estádio Rei Pelé, Cruzmaltino contou com um gol olímpico de Andrézinho, que definiu o 2 a 1 após Lúcio Maranhão abrir o placar e Leandrão empatar

vasco-crb-comemoracao-Leandrão, de fora da área, marcou o gol de empate após Lúcio Maranhão abrir o placar para o CRB (Carlos Gregório/ Vasco da Gama).

O Vasco aumentou a vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer por 2 a 1 o CRB, neste sábado (25 de junho), em Maceió. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 28 pontos e abriram cinco do segundo colocado. Já os alagoanos perderam a chance de entrar no G4 e, com 19, mas continuam próximos do grupo do acesso.

Os destaques da partida foram o goleiro Martín Silva e o meia Andrezinho. O primeiro fez grandes defesas no jogo e ainda pegou pênalti cobrado por Diego já nos acréscimos. Já o segundo, fez o segundo gol do Vasco, sendo este olímpico, no segundo tempo. O CRB foi superior durante boa parte dos 90 minutos e chegou a estar à frente no placar após gol de Lúcio Maranhão. No entanto, a vantagem alagoana durou pouco, pois Leandrão empatou logo em seguida, ainda primeiro tempo.

Na próxima rodada, o Vasco vai receber o Paraná, em São Januário. Já o CRB vai até Santa Catarina para enfrentar o Joinville. As duas partidas serão na próxima terça-feira.

O jogo

O CRB começou melhor a partida, pressionando o Vasco em seu campo de defesa. No entanto, a primeira boa chance de gol aconteceu somente aos 19 minutos. Welinton Júnior recebeu passe na área, driblou Aislan, mas chutou a esquerda da trave de Martín Silva.

Aos poucos, o Vasco conseguiu equilibrar a partida, principalmente porque melhorou na marcação. Com isso, o confronto ficou concentrado entre as duas intermediárias. Só que aos 26 minutos, o CRB abriu o placar após falha da zaga carioca. Julio Cesar tocou errado para Aislan e deu a bola no pé de Lúcio Maranhão. O atacante só teve o trabalho de tocar na saída de Martín Silva.

O revés não abalou os cruzmaltinos, que não demoraram para empatar. Aos 29 minutos, Leandrão aproveitou bola rebatida, levou a melhor sobre a marcação e chutou cruzado, sem chance para o goleiro Juliano.

Com o placar igualado, o jogo seguiu equilibrado até os minutos finais, quando os times voltaram a criar boas chances. Aos 42 minutos, em avanço rápido, Olívio recebeu passe na área, mas finalizou a esquerda do gol de Martín Silva. A resposta do Vasco veio no minuto seguinte. Jorge Henrique arriscou de fora da área e obrigou Juliano a fazer grande defesa. Assim, o duelo foi para o intervalo sem mais qualquer alteração no marcador em Maceió.

No segundo tempo, o Vasco voltou mais ligado e tentou esboçar uma pressão. Os cruzmaltinos chegaram a criar algumas chances com Leandrão, mas nenhuma com perigo. A primeira boa chance veio com o CRB, aos dez minutos. Após falta cobrada na área, Flávio Boaventura cabeceou próximo do gol carioca.

Só que aos 12 minutos, os visitantes chegaram a virada em belo gol. Andrezinho cobrou escanteio, a bola encobriu Juliano e foi na rede para fazer um gol olímpico no Rei Pelé: 2 a 1.

O CRB só acordou após o revés e passou a pressionar em busca do empate. Aos 25 minutos, Galdezini arriscou de longe, Martín Silva espalmou e a bola sobrou para Gerson Magrão. O meia cruzou rasteiro, mas Olívio finalizou em cima da zaga. Depois, Gerson Magrão acertou chute forte de longe e obrigou o goleiro cruzmaltino a mais uma boa defesa.

Com o passar do tempo, os alagoanos aumentaram a pressão. Tanto que aos 31 minutos, o CRB teve duas chances na mesma jogada. Primeiro, Galdezini chutou de fora da área e viu Martín Silva fazer a defesa. No rebote, Gerson Magrão tentou o gol, mas parou novamente no goleiro vascaíno.

Na parte final, o jogo passou a ficar aberto. O CRB errava na parte ofensiva e dava espaço para os contra-ataques vascaínos. Aos 38 minutos, Yago Pikachu recebeu passe de Éder Luís e quase acertou o ângulo de Juliano.

Já nos acréscimos, o CRB teve a chance de empatar. Galdezini foi puxado na área por Aislan e o árbitro marcou pênalti após aviso do assistente. Diego foi para a cobrança, mas viu Martín Silva acertar o canto e garantir a vitória do Vasco em Maceió.

FICHA TÉCNICA
CRB-AL 1 X 2 VASCO-RJ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 25 de junho de 2016, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Oberto Santos da Silva (PB)
Cartões amarelos: Olívio e Diego Jussani (CRB); Marcelo Mattos, Nenê e Luan (Vasco)
GOLS
CRB: Lúcio Maranhão, aos 26min do primeiro tempo
VASCO: Leandrão, aos 29min do primeiro tempo; Andrezinho, aos 12min do segundo tempo

CRB: Juliano; Bocão, Diego Jussani, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Galdezani, Luidy (Roger Gaúcho) e Dakson (Gerson Magrão); Lúcio Maranhão e Welinton Júnior (Assisinho)
Técnico: Mazola Júnior

VASCO: Martín Silva; Madson (Yago Pikachu), Luan, Aislan e Julio Cesar (Henrique); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Éder Luís) e Leandrão
Técnico: Jorginho.

Fox Sports