João Pessoa 27/05/2018 09:58Hs

Início » Esporte » Warriors vencem Cavaliers em grande noite de Kevin Durant

Warriors vencem Cavaliers em grande noite de Kevin Durant

Na reedição da última final da NBA, Golden State bateu Cleveland por 99 a 92

Em um confronto que já se tornou habitual em rodadas de Natal, o Golden State Warriors e o Cleveland Cavaliers se enfrentaram na Oracle Arena, em Oakland. É a primeira vez que o atual campeão e o vice da NBA se enfrentam na atual temporada. E com desfalques de ambos lados, melhor para o time da casa, que venceu por 99 a 92 em grande noite de Kevin Durant, principalmente a partir do segundo quarto.

Os Warriors não esteve completo em quadra, mas mesmo sem Stephen Curry e Zaza Pachulia, armador e pivô titulares, não sentiu tanta falta dos desfalques. Com uma marcação bastante forte sobre LeBron James, a equipe da casa usou da velocidade habitual para vencer o atual vice-campeão da NBA e manter a escrita que os anfitriões têm no Natal: nos três jogos entre Cavaliers e Warriors nas últimas três temporadas, o time que atuou em casa venceu a partida.

Kevin Durant foi o primeiro destaque dentro de quadra, mas em termos “negativos”. Criticado por viver uma fase de nervos “descontrolados” em sua segunda temporada nos Warriors, ele levou uma falta técnica logo no início do primeiro quarto, e merecia ter levado a segunda poucos instantes depois ao empurrar o armador José Calderón com a bola após sofrer uma falta – a arbitragem aliviou para o ala, que seria excluído da partida se tivesse sido punido.

O lance de Durant pareceu ter desconcentrado a defesa do Warriors. A equipe ficou por alguns momentos sem se encontrar em quadra, e contou com a sorte do Cavaliers não apresentar um ataque mais efetivo e com um bom desempenho ofensivo de Klay Thompson para ir para o segundo quarto perdendo por 28 a 24.

No segundo quarto, no entanto, os reservas entraram em quadra pelas duas equipes e o Golden State conseguiu não só equilibrar as coisas, como virar o placar. Com um aproveitamento ofensivo de apenas 12%, os Cavaliers foi para o intervalo perdendo por 46 a 44.

No terceiro período, LeBron seguiu sendo bem marcado pelos Warriors e pouco produziu ofensivamente. Kevin Love até tentou tirar o time de Cleveland do buraco com bolas de três pontos, mas atuou praticamente sozinho. No final da terceira parcial, o reserva de luxo Andre Iguodala apareceu e manteve a vantagem do time da Califórnia ainda confortável.

No último quarto, os Cavaliers continuou lutando contra a falta de pontaria. Com média próxima a modestos 30% de acerto nos arremessos, a equipe teve nos arremessos de média e longa distância sua única chance de lutar pelo jogo com chutes certeiros de Love e de Dwyane Wade. No entanto, continuou sofrendo com a energia do Golden State, que utilizou-se dos contra-ataques para minimizar cada tentativa de aproximação dos rivais.

Nos minutos finais, ainda, dois lances discutíveis podem ter prejudicado os visitantes em dois ataques de LeBron sobre a marcação de Durant. Quando o placar apontava 95 a 92 para o time da casa, o jogador do Warriors fez faltas claras para parar o rival, mas a arbitragem não assinalou a infração em nenhum deles. Sem forças, o Cleveland nada conseguiu fazer para empatar o marcador e ainda sofreu mais quatro pontos no último minuto.

Mesmo pelo time derrotado, Kevin Love foi o cestinha da partida. Ele anotou 31 pontos e pegou 18 rebotes. LeBron fez o que pôde, com 20 pontos, seis rebotes e seis assistências, mas ficou aquém do esperado. A marca é uma das mais baixas da carreira nos jogos em dias de Natal – ele entrou em quadra nesta data por 12 ocasiões nas suas 15 temporadas como profissional.

Pelo Warriors, o ‘controlado’ Durant se destacou com 25 pontos e sete rebotes, além de três assistências, duas roubadas de bola e cinco tocos. Thompson teve 24 pontos e sete rebotes, e Draymond Green conseguiu um “triple-double” com 12 pontos, 12 rebotes e 11 assistências.

A rodada de Natal da NBA terá mais três partidas: Boston Celtics x Washington Wizards, Houston Rockets x Oklahoma City Thunder e Minnesota Timberwolves x Los Angeles Lakers. Ainda antes, o Philadelphia 76ers venceu o New York Knicks em pleno Madison Square Garden por 105 a 98.

Agência Estado