João Pessoa 25/09/2018 17:39Hs

Início » Câmara em foco » Lucas de Brito pede a Julian Lemos “carta de Liberação” para deixar o partido

Lucas de Brito pede a Julian Lemos “carta de Liberação” para deixar o partido

Com a saída confirmada do PSL, o vereador Lucas de Brito afirmou que poderá deixar a legenda antes do período da ‘janela’ partidária, que garante a saída do partido sem que ele corra risco de perder o mandato, por infidelidade partidária. O parlamentar que já recebeu convites de siglas, a exemplo do Pros, PRB e Podemos, alegou que a partir de agora vai conversar com as suas lideranças e representantes das bases eleitorais para definir o melhor partido. Lucas de Brito está em São Paulo, onde participou da saída do Livres do PSL.

 

O vereador, que foi substituído do comando do PSL por Julian Lemos (aliado de Bolsonaro na Paraíba) disse que caso a Executiva do partido lhe entregue uma carta de liberação, ele sai da sigla antes mesmo do período permitido, que acontece no mês de abril, com o início da ‘janela’ partidária. Lucas de Brito disse que está analisando a filiação em partidos com o Pros, PRB, PSC, Patriotas, Podemos, que já fizeram convite para o parlamentar.

 

“Independente de partido político, eu sou Livres. O movimento continua. Foram feitos muitos convites, então diferentes agremiações partidárias publicizaram convites na imprensa, mas nós vamos respeitar a própria construção que o próprio movimento Livres está fazendo no âmbito nacional” disse o vereador. Lucas de Brito está em São Paulo onde participou do movimento de retirada do Livres do PSL.

PB Agora