João Pessoa 19/06/2018 08:40Hs

Início » Mundo » Bailarina de Goiânia ganha dois prêmios em concurso na Suíça

Bailarina de Goiânia ganha dois prêmios em concurso na Suíça

Carolyne Galvão, de Goiânia, vencedora de dois prêmios em Lausanne, Suíça.Prix de Lausanne 2018 ©GregoryBatardon

Carolyne de Freitas Galvão, 17 anos, acaba de ganhar dois prêmios no prestigiado concurso internacional de balé de Lausanne, na Suiça.

A dançarina de Goiânia, aluna do Instituto Tecnológico de Goiás – Basileu França, foi contemplada com uma das oito bolsas para um ano entre as 72 escolas e companhias parceiras ao redor do mundo. Além disso, ela levou o prêmio do público. “Isso é muito importante para mim, saber que as pessoas gostaram de mim”, declarou a jovem bailarina à RFI Brasil, neste domingo (4).

Carolyne veio a Lausanne pela segunda vez; a primeira foi há dois anos, quando tinha apenas 15 anos. Desta vez ela dançou trechos de “Grand Pas Classique”, de Victor Gsovsky, do balé tradicional, e “Chroma”, coreografia contemporânea de Wayne McGregor. Mas o sonho da jovem bailarina, entre os clássicos, é dançar o papel principal de “Don Quixote” ou “Lago dos Cisnes”.

O prêmio da bolsa vai permitir que Carolyne estude durante um ano em uma das 72 escolas e companhias associadas ao concurso. “Todas as despesas serão pagas durante um ano, é como um patrocínio. Estou em dúvida entre o English National Ballet e o Boston Ballet”, explica a dançarina. “Este concurso é muito importante, ele abre as portas do mundo inteiro”, acrescenta.

Criado em 1973, o Prix de Lausanne é um concurso internacional anual para jovens com idades entre 14 e 19 anos. O objetivo é descobrir, promover e ajudar os melhores talentos nessa faixa etária. Este ano, 74 jovens bailarinos participaram da competição, incluindo três do Brasil.

Noticiário Francês