João Pessoa 26/05/2018 21:48Hs

Início » Mundo » Balsa que naufragou nas Filipinas matando 36 pessoas não estava com excesso de passageiros

Balsa que naufragou nas Filipinas matando 36 pessoas não estava com excesso de passageiros

36 morrem afogadosAo menos 36 pessoas morreram nesta quinta-feira (2) no naufrágio da balsa Kim Nirvana, no centro das Filipinas. A embarcação transportava 189 passageiros e membros da tripulação. Equipes de resgate foram enviadas ao local em sete lanchas. A polícia informou que 127 pessoas sobreviveram ao acidente. Mergulhadores buscam 26 desaparecidos.

 A balsa, de 33 toneladas, fazia a ligação entre a ilha de Leyte e as ilhas Camotes, na região central do país. A maior parte dos passageiros eram vendedores ambulantes que abastecem os moradores de Camotes, uma comunidade de pescadores.

O ferry emborcou meia-hora depois de deixar o porto de Ormoc, em Leyte. Muitos sobreviventes se agarraram no casco da embarcação enquanto esperavam por socorro.

As autoridades filipinas desconhecem as causas do naufrágio. O mar estava relativamente calmo na região e não havia vento ou chuva no trajeto da balsa. Também foi descartada a hipótese de superlotação, já que o navio tinha capacidade para transportar até 200 pessoas.

As balsas são o principal meio de transporte entre as 7.100 ilhas do arquipélago filipino. Os acidentes são frequentes pela superlotação dos barcos, falhas na fiscalização e o péssimo estado de conservação de algumas embarcações.

As Filipinas detêm o triste recorde do pior naufrágio da história em tempos de paz: 4.300 mortos na colisão de uma balsa e um petroleiro em 1987.