João Pessoa 26/05/2018 19:11Hs

Início » Mundo » Bombardeios em reduto da oposição nos arredores de Damasco deixam 16 mortos

Bombardeios em reduto da oposição nos arredores de Damasco deixam 16 mortos

Pelo menos 16 pessoas morreram hoje (19) na região de Ghouta Oriental, o principal reduto da oposição nos arredores de Damasco, capital síria, em bombardeios de aviões de combate. Entre os mortos estão uma criança e um membro da Defesa Civil. As informações são da agência espanhola de notícias EFE.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou em comunicado que seis pessoas morreram e outras 17 ficaram feridas em bombardeios aéreos, que não foram identificados, contra a cidade de Modira, em Ghouta Oriental.

Por outro lado, cinco civis, entre eles uma criança, foram mortos e mais de 16 ficaram feridos após a queda de dez mísseis na cidade de Douma.

A ONG, cuja sede fica no Reino Unido e que conta com uma rede de observadores na Síria, afirmou que houve outros ataques das forças de Damasco em Misraba, também em Ghouta, onde morreram pelo menos quatro pessoas e dez ficaram feridas.

Segundo o observatório, as forças governamentais sírias lançaram um míssil que causou a morte de um membro da Defesa Civil.

De acordo com a ONG, 77 pessoas morreram no total, entre elas 14 menores, sete mulheres e quatro membros da Defesa Civil desde o dia 14 de novembro em bombardeios aéreos e de mísseis.

Ghouta Oriental registrou nos últimos dias violentos enfrentamentos entre as forças governamentais e a Legião das Glórias da Nação, que pertence ao Movimento Islâmico dos Livres de Sham.

Essa região atualmente é dominada por facções armadas opositoras e submetida a um ferrenho assédio que impede a entrada de alimentos e de ajuda humanitária, o que provocou várias mortes por desnutrição.

De acordo com a ONU, em Ghouta vivem 390 mil pessoas, que estão sob cerco desde 10 de outubro de 2013.

Agência Brasil