João Pessoa 18/06/2018 13:49Hs

Início » Mundo » Estado Islâmico abate avião de coalizão e sequestra piloto

Estado Islâmico abate avião de coalizão e sequestra piloto

Piloto da aeronave teria nacionalidade jordaniana

EI ABATE AVIÃOPela primeira vez, o grupo extremista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) anunciou nesta quarta-feira (24) que abateu um avião da coalizão internacional que bombardeia a Síria e o Iraque. Os jihadistas também informaram que capturaram o piloto da aeronave, o qual teria nacionalidade jordaniana. A informação foi divulgada em redes sociais, principalmente em contas do Twitter e do YouTube ligadas ao grupo islâmico. Nas publicações, o EI também exibiu uma foto do prisioneiro.

Aparentemente, o piloto está em boas condições de saúde. Os ataques da coalizão internacional são liderados pelos Estados Unidos e têm como objetivo enfraquecer os jihadistas. Os bombardeios começaram em setembro, após o EI intensificar sua ofensiva para conquistar territórios e formar um califado islâmico.

Ao longo do ano, o grupo conquistou importantes cidades na Síria e no Iraque e se tornou a maior ameaça para os países ocidentais. Até o momento, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirma que a coalizão realiza apenas ataques aéreos. Ele descarta a possibilidade de enviar soldados para missões em terra.

O EI, formado por muçulmanos sunitas, chamou a atenção da comunidade internacional ao empregar técnicas violentas contra civis cristãos e xiitas, como decapitações, sequestros e mutilações. Nesta quarta-feira (24), a deputada iraquiana Vian Dakhil disse que cerca de 3,5 mil mulheres yazidis foram sequestradas pelo EI.

Desde o início do ano, outras duas mil pessoas teriam sido mortas pelo grupo. A parlamentar se reuniu nesta manhã em Erbil com o ministro italiano das Relações Exteriores, Paolo Gentiloni. (ANSA)